Imprensa de Maricá se reúne para criar associação

0
1599
Presidiu a mesa dos trabalhos, o presidente da Associação de Jornais do Interior (ADJORI), jornalista Paulo César Caldeira; o diretor do Jornal e Revi

Texto: Fernando Uchôa
Fotos: Manuelle Oliveira

Dezenas de repórteres, fotógrafos e editores de jornais, revistas e rádios maricaenses se reuniram na manhã de hoje (10/09), na Câmara Municipal de Maricá, para discutir a criação da Associação de Imprensa para o município.
Presidiu a mesa dos trabalhos, o presidente da Associação de Jornais do Interior (ADJORI), jornalista Paulo César Caldeira; o diretor do Jornal e Revista Gazeta, Paulo Celestino dos Santos; a secretária municipal de Comunicação, Alba Valéria Teixeira, representando o prefeito Washington Quaquá; o diretor de Relações Públicas da Associação Comercial, Empresarial e Industrial de Maricá (ACEIM), Jorge Monteiro; e o diretor do Jornal Barão de Inohan, Pery Salgado.
Formaram as mesas laterais, o subeditor do Jornal e Revista Gazeta, jornalista Fernando Uchôa; a subsecretária de Cultura e jornalista Rosely Pellegrino; e os repórteres Adalmir Ferreira e Carlos Alberto (notíciasrj.blogspot.com).
Marcaram presença ainda, a diretora da Revista Encontros, jornalista Bete Santos; o repórter Carlos Zuca; o diretor da Rádio Sideral, radialista Vicente Silva; a editora do Jornal Ondas, Silvânia Libermann; o editor do Jornal Enter, Luiz Antônio; o editor do Jornal Mão na Roda, João Madeira; o editor do Jornal “Imbassaí Noticiado”, Fabiano Novaes; o diretor da Câmara Municipal, repórter fotográfico Camilo Batista; o comentarista esportivo, Darklen Soares; o repórter fotográfico Fernando Silva; a publicitária Manuele Oliveira; a editora do Jornal ‘A Semana’, Elida; Priscila e Daiana, do Classilagos, entre outros.

ADJORI em Maricá
O presidente da ADJORI resumiu a importância da criação da Associação de Imprensa de Maricá, afirmando que “o interior do Estado do Rio tem uma produção de notícias equivalente ou maior do que a grande imprensa, nas capitais. O que falta é articulação entre os veículos, para criação de uma entidade de classe. É preciso atuar em sintonia com as instituições locais, para podermos avançar. Maricá é um município que está crescendo rapidamente e a imprensa tem um papel importante nesse crescimento, divulgando notícias e formando opiniões”, adiantou.
A subsecretária de Cultura, jornalista Rosely Pellegrino, colocou que é necessário a união dos colegas, para que os jornais locais avancem. “Muitas vezes perdemos oportunidades, porque não nos comunicamos. Quando o boom econômico acontecer, talvez não haja mais tempo para recuperarmos essa oportunidade”, frisou.
A secretária de Comunicação Alba Valéria, assim como o diretor da ACEIM, e o editor Pery Salgado, parabenizaram o jornalista Paulo Celestino, pela iniciativa.
“Conheço Paulo Celestino desde que vim para Maricá pela primeira vez, em 1996. Trabalhamos juntos em rádio. É um profissional que sabe agregar pessoas e projetos. A Associação de Imprensa de Maricá, tem tudo para dar certo, a começar pelo número de pessoas que trabalham no setor, em Maricá. É uma questão de tempo e organização”, completou.
“A ADJORI forma cadastro dos veículos em rede municipal, estadual e nacional; oferece assessoria jurídica, em assistência médica, e consultoria comercial. A Associação de Imprensa de Maricá, depois de implantada juridicamente, com sede e estatuto. O mais importante, porém, é o trabalho ético, respeito profissional e a confiança dos clientes, sejam governos ou empresas, através do trabalho ético, da união e representação de classe”, concluiu.
A próxima reunião para criação da Associação de Imprensa de Maricá, será no dia 28 de setembro, às 10h., na sede da Associação Comercial, Empresarial e Industrial de Maricá (ACEIM).