Objetivo do encontro é dar voz aos usuários em todos os serviços oferecidos pelos equipamentos - Foto: Divulgação

O Serviço de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas (Sapad) e o Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas), equipamentos vinculados à Secretaria de Assistência Social de Maricá, realizaram a segunda assembleia continuada para os usuários na quarta-feira (12/04), na sede do Sapad. O objetivo do encontro é dar voz aos usuários em todos os serviços oferecidos pelos equipamentos.

A coordenadora do Sapad, Luana Menezes, iniciou a roda de conversa solicitando a apresentação de todos os presentes e agradecendo. “Quero agradecer a participação de todos vocês e gostaria da sinceridade de todos na avaliação do nosso atendimento. Estamos abertos a ouvir sugestões e debater sobre diversos assuntos”, disse Luana. Foram debatidos sobre novas atividades como a de fonoaudiologia e expressão corporal com a fonoaudióloga, Barbara Mendes, e sobre a sala de leitura para os usuários lerem e debaterem dobre os acontecimentos do país. Também uma oficina de currículo, onde os usuários serão orientados como formular um currículo e como se apresentar em uma entrevista de emprego.

Ainda na ocasião foi solicitada a participação nas oficinas de jardinagem, toda segunda às 10h, e sobre o interesse sobre um curso de confecção de bancos com fios de borracha. Além da oficina sugerida na assembleia anterior, a de culinária. Foi informado que a placa de entrada do equipamento solicitada pelos usuários está sendo providenciada. A usuária J. contou que as equipes do Sapad e do Seas resgatam a realidade de cada um. “O tratamento dá oportunidade de nos trazer à realidade com atividades geradores de renda, sempre nos informando e orientando e a cima de tudo com afeto”, contou.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here