Inoã recebe “Ação e Cidadania”

0
1304
Cerca de 300 pessoas foram atendidas no evento

A Prefeitura de Maricá, através das secretarias municipais de Saúde, Assistência Social e Fazenda, realizou no dia 18 de dezembro, das 8h às 12h, no Posto de Saúde de Inoã, mais uma edição do projeto “Ação e Cidadania”.

Diversas tendas e um palanque foram montados em frente ao Posto. Cerca de 300 pessoas foram atendidas pelos profissionais e auxiliares em serviços como: aferição de pressão e teste glicêmico (Programa Hiperdia = Hipertensão e Diabetes), cálculo da massa corporal através da pesagem e medição de altura (Coordenação de Nutrição), Saúde Coletiva (testes de DST/Aids), orientação, prevenção e tratamento da tuberculose (vacina BCG), informações sobre a dengue (Programa Municipal de Vigilância Sanitária), Bolsa-Família (Assistência Social e Participação Popular), vídeos do programa Cidade Educadora, orientação e resolução de alvarás e débito de IPTU e ITBI (Secretaria de Fazenda), Odontomóvel (aplicação de flúor, higiene bucal e orientação) e atendimento médico de emergência no Posto de Saúde de Inoã.

Prevenir é o melhor remédio

Todos os serviços foram acompanhados de orientação, cartilhas e panfletos. A secretária de Saúde de Maricá, Lesirée Rejane de Figueiredo, esteve presente até o término do evento. O evento foi coordenado pelo diretor de Unidades Hospitalares do município, Eduardo Silva, e contou com dezenas de médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares dos setores envolvidos.

Segundo a secretária de Saúde, a idéia é promover o evento mensalmente, em todos os bairros do município. “A saúde pública é um problema social a nível nacional e pretendemos minimizar esses problemas em Maricá. É preciso orientar e prevenir. A prevenção tem um papel fundamental na Saúde, e programas como o Ação e Cidadania propõem a prevenção através da informação a população dos serviços oferecidos pelo município, e orientando para uma melhor qualidade de vida. Maricá tem mais de 900 profissionais de saúde pública, que são capacitados continuamente, para oferecer o melhor à população”, adiantou.

Reforma da rede

O gestor Eduardo Silva salientou que os 21 postos de saúde do município estão sendo reformados, simultaneamente. “Muitas vezes a população desconhece serviços que pode receber em seu bairro. Estamos reformando as unidades para oferecer uma melhor qualidade de atendimento ao usuário. Eventos como o Ação e Cidadania são importantes por aproximar mais população e governo”, frisou.

Hiperdia

A coordenadora do programa Hiperdia, Silvana Marau Waldheim, informou que, só no seu setor, cerca de 150 pessoas foram atendidas. “Algumas delas, apresentaram diagnóstico de pico hipertensivo ou diabetes alto, ou as duas coisas. São fatores que muitas vezes andam juntos. Depois do exame, essas pessoas receberam atendimento clínico, tiveram alta ou foram encaminhadas para tratamento. Tanto a hipertensão quanto o diabetes são doenças crônicas degenerativas. Se controladas, permitem que a pessoa possa viver com qualidade”, declarou.

Demandas

A família do zelador André Luís Nascimento Dias, 38, sua esposa Silvana Araújo Dias, 28, a filha mais velha Suellen Cristina, 17, e a caçula, Adrielly, cinco anos, usaram os serviços do Ação e Cidadania. “A gente veio se inscrever no Bolsa-Família, mas aproveitamos a oferta dos outros serviços. Inoã é um bairro muito grande e carente. Precisamos de água, asfalto, praças para o lazer das crianças. Toda iniciativa que for em benefício do povo é bem vinda”, comentou dona Silvana.

Já a dona de casa Maria da Guia, também moradora de Inoã, levou a filha Márcia, de seis anos, para aplicação de flúor. “Foi muito bom, porque nem sempre temos tempo de levar nossos filhos para uma revisão no dentista”, concluiu.