Projeto Encenação vai formar 110 atores em Maricá

0
1876
A encenação de uma esquete teatral marcou o início do projeto na escola João Monteiro, em Itaipuaçu - Foto Clarildo Menezes

O objetivo é descobrir novos talentos no município e inseri-los no mercado de trabalho

A Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal de Cultura, lançou, no início deste mês, o Projeto Encenação, que tem o objetivo de descobrir novos talentos no município e inseri-los no mercado de trabalho. O projeto foi beneficiado pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento Cultural dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro (PADEC), do Governo do Estado.

A meta é formar 110 atores num curso com duração de seis meses, realizado em parceria com a Secretaria de Educação (Subsecretaria Cidade Educadora) e Direitos Humanos. O curso já está em andamento nas escolas municipais Cônego Batalha (São José) e João Monteiro (Itaipuaçu), e também na Casa da 1ª a 3ª Idade. Dividido em quatro módulos – canto, dança, circo e interpretação – o projeto abriu turmas de quatro faixas etárias, com vagas para 30 crianças, 30 jovens, 25 adultos e 25 pessoas da terceira idade.

O PADEC é fruto das primeiras ações do Plano Estadual de Cultura, que no decorrer de 2009 realizou reuniões preliminares em todo o estado do Rio de Janeiro. Essas reuniões revelaram um diagnóstico inicial sobre o desenvolvimento da cultura fluminense e apontaram para algumas ações estruturantes que correspondem às quatro linhas de apoio do PADEC.

O Secretário Municipal de Cultura Emanuel Vieira enfatizou a importância do projeto que se insere em várias das metas estabelecidas pelo Plano de Governo do Prefeito Washington Quaquá: Cidade Educadora, Pólo de Ensino Profissionalizante, Maricá Cidade das Artes, Apoio aos Idosos e Geração de Emprego e Renda.

"Outros projetos desta natureza na área de dança, artes plásticas, música, artesanato, literatura e poesia estão sendo elaborados visando atender todos os campos das artes e ampliando o acesso da população a novas oficinas. A este projeto se somarão outros nas áreas de dança, música, leitura, artes plásticas, cinema, a fim de descobrir  novos talentos e transformar o município na cidade das artes”, afirma o secretário de Cultura, Emmanuel Vieira.

As aulas de dança, circo, interpretação e canto, serão sempre realizadas no horário das 17:30hs às 20:30 hs, sendo as segundas, na Escola Municipal Cônego Batalha (São José), quartas na Casa da Primeira a Terceira Idade (Centro de Maricá), e as sextas-feiras na Escola Municipal João Monteiro (Itaipuaçu).

Em todos os locais houve a apresentação de um espetáculo produzido pela Direção Artística da Oficina, com a presença dos professores da oficina, dos alunos, dos pais, da comunidade, do Secretário de Cultura e de representantes das Secretarias de Educação e Direitos Humanos, parceiras neste projeto.

No dia 07 de fevereiro foi realizada a aula inaugural na Escola Municipal Cônego Batalha em São José do Imbassaí, onde foram formadas duas turmas: uma infantil e outra de adolescentes que irão atender cerca de 30 alunos selecionados nas Escolas Municipais daquela localidade.