Direitos Humanos programa ações para Semana da Mulher

0
782

A Prefeitura de Maricá, através da Secretaria de Direitos Humanos e Subsecretaria de Políticas para as Mulheres, realizou nesta sexta-feira (25/02) uma reunião na Casa Digital, com representantes femininas de diversas  secretarias municipais e instituições convidadas para a Semana da Mulher. O encontro foi coordenado pela subsecretária municipal de Políticas para as Mulheres, Luciana Piredda, que apresentou às representantes femininas das secretarias de Trabalho, Transporte, Educação, Saúde e do Conselho Comunitário de Segurança (CCS), ações estratégicas para a Semana da Mulher, homenageando o Dia Internacional da Mulher (08/03), que este ano acontece durante o Carnaval, a ser comemorado com sambistas mulheres e grupos femininos de samba.

Antes do Carnaval, será realizada a campanha de conscientização “Sou mulher: uso camisinha”, com distribuição de preventivos e panfletos contendo informações sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST/AIDS), em São José (28/02), Inoã (01/03), Recanto (02/03), Ponta Negra (03/03) e Centro (04/03). Após o Carnaval (14/03), haverá nova reunião de planejamento para a Semana da Mulher, que vai dos dias 21 a 25 de março, a programação será a seguinte: dia 21 – segunda-feira: Seminário na Casa Digital, das 14h às 18h; dia 22 – Ação Social, em Santa Paula, na E.M. Osdevaldo Marins da Matta; dia 23, Ação Social, no Saco das Flores. E.M. Maurício Antunes; e dia 24/03, Ação Social na praça principal de Bambuí.

Seminário – Para o seminário do dia 21 de março, está prevista a vinda da ministra Iriny Lopes, da Secretaria Especial de Políticas para a Mulher e da Superintendente Estadual dos Direitos da Mulher do Estado do Rio, Cecília Lopes, do prefeito de Maricá, Washington Quaquá, secretários municipais e demais convidados. Para os dias 22, 23 e 24 de março, serão desenvolvidas ações integradas da Assistência Social: cadastro do Bolsa-Família, Passe do Idoso, da Pessoa com Deficiência; na Saúde: Higiene Bucal, Hiperdia (medição da hipertensão e da glicemia), aferição da pressão arterial; Agricultura: mudas de plantas, sementes, palestras e informações; Trabalho: carteira de trabalho, qualificação profissional da mulher; Defesa Civil: informes sobre ações de prevenção, aulas sobre primeiros socorros; Habitação: inscrições do programa “Minha Casa, minha Vida”; Transportes: Educação para o Trânsito.   

O Dia Internacional da Mulher foi criado em homenagem às mulheres operárias de Nova York (EUA), que, no dia 8 de março de 1892, morreram em um incêndio provocado pelos patrões da fábrica de tecidos em que trabalhavam, reivindicando melhores salários e uma jornada de trabalho mais justa. É lembrado em todo o mundo, como forma de combate à opressão e hegemonia masculinas, sendo comemorado com passeatas e manifestos pacíficos, em prol da igualdade de gênero, social, e condições idênticas de trabalho e remuneração.