Escola de Maricá sedia workshop do Senai

0
1417

O Serviço Nacional da Indústria (Senai), promoveu no dia 8 de abril, das 18h às 21h30min, workshop sobre construção civil, no Centro Educacional Municipal Joana Benedicta Rangel, para os alunos do Curso Técnico em Edificações.
Cerca de 200 participaram da palestra, inaugurada pelo técnico educacional Marcos Rangel e ministrada pelo instrutor do Senai, Getúlio Jr. Foram explicados termos como argamassa, concreto simples e armado, impermeabilização, exudação, cura, inspeção e outros, apresentados produtos e simuladas algumas fases do trabalho com uma mini-betoneira, além da exibição de um vídeo, gerando maior interesse nos educandos.
 
Resgate
A diretora geral do colégio, professora Mayka Fiori, adiantou que “há muitos anos, o colégio teve outros cursos profissionalizantes, mas foram extintos, por mudanças na política educacional. Devemos todo o mérito do resgate do curso de Técnico em Edificações, ao prefeito Washington Quaquá, que ampliou a possibilidade da formação profissionalizante através deste curso, de parcerias como o Senai e investiu em equipamentos para os alunos. Hoje, temos 300 alunos, de 15 a 50 anos, fazendo o curso. São duas turmas de 1º ano, três de 2º ano e duas de 3º ano. Para 2012, aumentaremos o número de vagas e turmas. Alguns querem ser arquitetos, engenheiros ou mesmo técnicos, aprendendo uma profissão. O que importa é que a construção civil voltou a crescer na região e que parte dessas novas vagas deverão ser ocupadas por maricaenses”, concluiu.
 
Galpão de Oficinas
Segundo a coordenadora do Ensino Profissionalizante da Secretaria Municipal de Educação (Semed), professora Kelly Cristina, “a partir do dia 18 deste mês, o 2º e 3º anos contarão com as oficinas montadas em um galpão de Araçatiba, preparado com equipamentos necessários ao aprendizado prático. Durante o curso, farão também workshops e palestras, onde acumularão aprendizado e certificados, que certamente contarão na hora de um emprego ou prova de títulos. São 1.480 horas-aula, mais 480 horas-aula de estágio nas obras do município, que iniciará assim que for homologado o seguro para tal. Ao final, terão de apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)”, com projeto arquitetônico, cálculo de estrutura e planilha de custos, além de legislação, para receberem o diploma da Semed e os certificados do Senai”completou.
 
Depoimentos
Guilherme Santos Muniz, 16 anos, morador do bairro Pedreiras, é aluno do 3º ano do curso Técnico em Edificações, e membro do Grêmio Estudantil do colégio. Ele diz que está ansioso, assim como os colegas, para ingressar na parte prática do curso. “Demorou um ano e meio, mas acho que, se há dedicação e empenho, podemos recuperar e aprender o ofício. Pretendo fazer Arquitetura, e sei que vou me dar bem, pois gosto do que faço e sou determinado. Teremos aulas nas férias para ganhar tempo. Já sabemos usar esquadro, compasso, escalímetro, régua T. O curso não é difícil, só basta dedicação para aprender”, disse.
Já Carlos Ribeiro, 50 anos, morador do Boqueirão, pai de dois filhos, é um dos mais velhos do curso, e acha que o mesmo tem sido “um avanço para Maricá. Temos aulas  diariamente, das 18h20 às 22h30min, e as aulas práticas serão das 13h às 17h30min. Aos sábados, haverá palestras. Não haverá férias. Sou servidor público, mas quero aprender mais. O ritmo é um pouco puxado, mas para quem quer vencer, é preciso sacrifício. Os professores aqui são bons, e tenho muita esperança em nossa qualificação profissional, até porque dentro de alguns anos, virão muitas firmas de fora, e a gente tem de estar preparado”, finalizou.