Marica tem nova entidade de transporte escolar

0
3057
Motoristas associados vão usar um colete para identificação

ATEM pode ser identificada através de selo e colete

 

“A segurança de um filho não tem preço”. Com esse slogan, a Associação do Transporte Escolar de Marica (ATEM) iniciou suas atividades com uma grande carreata pelas ruas do Centro da cidade nesta sexta-feira (15/7). O grupo formado por 25 veículos legalizados, entre vans e microônibus, circulou escoltado por agentes da Guarda Municipal e da Secretaria de Transportes e, no fim, se concentrou na Praça Orlando de Barros Pimentel. 

Os veículos ligados a ATEM que operam em Maricá podem ser reconhecidos por um selo de identificação nas portas de cada um deles, além de um colete utilizado pelos motoristas. O presidente da nova entidade, Paulo Malek, afirmou que a carreata foi o início de uma ampla campanha de conscientização junto aos pais e as escolas. 

“Todos precisam entender que a pequena variação de valor que existe entre o transporte legalizado e o pirata não compensa os riscos que existem no serviço que funciona à margem da lei, além de ser muito pouco diante da segurança oferecida por quem trabalha legalmente”, ressaltou Malek, acrescentando que, só na região do Centro de Maricá, cerca de 50 veículos não legalizados operam no transporte escolar.

Para o secretário de Transportes de Marica, Rony Peterson Dias, a iniciativa da criação da ATEM demonstra a maturidade da categoria.

“É uma alegria participar desse momento importante para o município, que reflete que o setor se desenvolveu a ponto de ter sua própria organização. A entidade terá todo o nosso apoio”, garantiu ele, antecipando que a secretaria também iniciará em agosto uma campanha para conscientizar usuários em todo o município.