Moradores de Maricá aprovam medidas para melhorar saúde do município

0
845
Malta Carpi debatendo com os participantes

Doze delegados foram escolhidos, na VII Conferência Municipal de Saúde de Maricá, para participar da etapa estadual em outubro, sendo seis usuários, três integrantes do governo e três funcionários da saúde. Cerca de 130 pessoas compareceram à casa de festas Palladon e, após debaterem os três eixos temáticos apresentados, aprovaram medidas visando melhorias no setor.

“A participação da comunidade superou nossas expectativas, principalmente das associações de bairros. Este ano, 16 delas enviaram representantes”, comenta satisfeito Carlos Alberto Malta Carpi, secretário Municipal de Saúde.  

Quanto maior o engajamento dos moradores nessas questões, maiores as chances de se fechar um relatório condizente com a realidade do município, proporcionando melhor embasamento no sentido de reivindicar melhoras em geral. E daí a satisfação do secretário.

Dentre as 40 sugestões aprovadas, todas se nortearam pelos seguintes temas: Acesso e Acolhimento; Participação da Comunidade e Controle Social; e Gestão do Sistema Local de Saúde, Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. 

“Estou certo de que nosso relatório, a partir de medidas aprovadas em clima de discussão democrática, espelha com veracidade os anseios da população, que será bem representada na Conferência Estadual”, conclui Malta Carpi.