Posto de Saúde Santa Rita, em Itaipuaçu, vira unidade de atendimento misto

0
2872
Ambulância já está à disposição da população desde segunda-feira

O Posto de Saúde Santa Rita, em Itaipuaçu, está se transformando, neste mês de setembro, na primeira unidade mista de atendimento médico de Maricá. Além do atendimento de saúde da família (PSF) e uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), com  ambulância do tipo básica intermediária (um enfermeiro e um técnico de enfermagem) já anunciados pelo secretário Carlos Alberto Malta Carpi, o local passa a contar também com pronto atendimento. O serviço vai funcionar 24 horas por dia.

De acordo com a coordenadora do SAMU em Maricá, Rosângela Noronha, a mudança é uma determinação do prefeito Washington Quaquá que visa oferecer à população de Itaipuaçu um atendimento mais humanizado e com profissionais qualificados.

“De todos os atendimentos que realizamos, 45% é de moradores daquela região. O que estamos implantando no município e, em especial, em Itaipuaçu, é algo inédito, uma nova base que descentraliza o atendimento na cidade a atende a uma grande demanda”, afirma a enfermeira, que adiantou ainda  que um outro serviço – o de “motolância” (em que são utilizadas motocicletas) – deverá entrar em operação no bairro já nos próximos dias.

No último dia 7, o secretário Carlos Alberto Malta Carpi se reuniu com moradores de Itaipuaçu para desmentir os boatos de que o posto Santa Rita seria fechado. Na ocasião, ele anunciou também a implantação da unidade do SAMU. No dia seguinte (08/9), o secretário recebeu, em seu gabinete, servidores daquele posto para ouvir reivindicações da classe. Atualmente, a unidade de Santa Rita funciona com 34 funcionários efetivos e nove comissionados.