Maricá registra índice satisfatório em ‘Mapa da Dengue’ do Ministério da Saúde

0
944
Prefeitura realiza mutirão para evitar epidemia da doença - Foto: Paulo Polônio

Maricá está vencendo a luta contra a Dengue. Ontem (05/12), o Ministério da Saúde anunciou o resultado de um levantamento realizado em 561 municípios com o intuito de traçar o mapa atual de infestação do mosquito transmissor da doença em todas as regiões do país. E o município de Maricá registrou índice menor que 1% – considerado satisfatório pelo Ministério.   

O resultado de Maricá (0,6%) foi um dos mais baixos entre as 78 cidades fluminenses que participaram do levantamento, realizado nos meses de outubro e novembro deste ano. Prova de que as ações de conscientização da população e de combate aos focos da doença – lideradas pela secretaria municipal de Saúde – vêm obtendo resultados satisfatórios.

“Nós estamos fazendo um trabalho de recuperação da Saúde focando no fortalecimento da rede preventiva. Fizemos, por exemplo, essa forte ação de mobilização contra a Dengue e os resultados estão aí para comprovar, ressalta o prefeito Washington Quaquá.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, aproveitou a cerimônia de divulgação do “Mapa da Dengue” para alertar que nenhuma cidade está livre da doença e que todos devem continuar mobilizados para evitar uma epidemia no verão de 2012.

Hoje, no Estado do Rio, apresentam risco de surto da doença os municípios do Rio de Janeiro, Itaboraí e São Fidelis. No país, 4,6 milhões de pessoas estão nas áreas atualmente com risco de epidemia. O levantamento na íntegra dos dados divulgados pelo Ministério da Saúde estão disponíveis no site http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/

 

Ações em Maricá contam com a mobilização de diversas secretarias

A prefeitura de Maricá montou uma força-tarefa (que reúne equipes das secretarias de Saúde, Educação, Assistência Social, Meio Ambiente, Transporte, Turismo, Administração, Comunicação, Ouvidoria e Postura) para garantir o sucesso das ações contra a dengue no município. A cidade aderiu à Campanha “Dez Minutos contra a Dengue”, do Governo do Estado, que mobiliza a população a dedicar dez minutos por semana no combate a possíveis focos do aedes dentro de casa.

A principal medida do governo municipal é a realização de mutirões (que já passaram por 10 localidades) para acabar com focos do mosquito aedes aegypti. Equipes de saúde visitam residências para recolher objetos que possam servir de criadouro para o mosquito, além de conscientizar os moradores. São distribuídos folhetos com informações importantes de como cada cidadão pode ajudar no combate aos focos de proliferação da doença.