Chuvas colocam Defesa Civil de Maricá em estado de prontidão

0
899

O volume de chuva registrado nas últimas 48 horas em Maricá (a maior concentração dos últimos três meses para um período de apenas dois dias) colocou a Defesa Civil em estado de prontidão. A chegada do verão é um motivo a mais de preocupação. Em Friburgo, por exemplo, na Região Serrana do Estado, 300 pessoas foram desalojadas no último fim de semana.

“Estamos preparados para enfrentar situações difíceis. Temos 55 homens, reforçamos o número de equipamentos e viaturas e contamos com grupos de apoio, que são requisitados em regime de urgência. Todos os agentes tiveram treinamento tático durante a implantação do Plano de Contingência do município”, diz o subsecretário de Defesa Civil de Maricá, Emerson Jefferson, se referindo ao plano, elaborado em janeiro do ano passado para evitar tragédias na cidade causadas em consequência das chuvas.

Plano de Contingência

Em janeiro de 2010, a Defesa Civil Municipal, com o apoio das áreas de Segurança Pública e Cidadania, Obras, Saúde, Educação e Comunicação, elaborou o Plano de Contingência de Maricá, que reúne ações integradas de prevenção e intervenção. “Esse trabalho é de equipe. Não podemos descansar, embora o volume de chuvas neste fim de ano ainda não tenha representado ameaça de danos como os registrados no último verão. Os temporais sempre trazem riscos, como queda de árvores, fios partidos e buracos em ruas alagadas, pondera Emerson.