Prefeitura de Maricá oferece 60 vagas no Projeto Navegar

0
1104
Provam iniciam às 9h na lagoa do Boqueirão com a participação de 90 atletas - Foto: Clarildo Menezes

Prefeitura de Maricá oferece 60 vagas no Projeto Navegar

 Aulas gratuitas de remo, canoagem e vela são oferecidas para jovens de 12 a 17 anos  

Recentemente reativado pela prefeitura de Maricá, o Projeto Navegar (que oferece gratuitamente aulas de remo, canoagem e vela para jovens de 12 a 17 anos) está com inscrições abertas para 60 novas vagas.

As aulas são realizadas às terças e quintas-feiras, de manhã (de 9h as 12h) e à tarde (de 14h as 17h), na Lagoa do Boqueirão.

As vagas disponíveis são para início imediato, ou seja, são uma ótima opção lazer para o período de férias. Vale ressaltar, no entanto, que o projeto segue normalmente mesmo após o fim do período de recesso escolar.

Os interessados devem se dirigir à Secretaria Municipal de Esportes, das 9h às 17h, com autorização do responsável, atestado médico e uma foto 3X4. A Secretaria Municipal de Esportes está localizada na sede da prefeitura de Maricá, na Rua Álvares de Castro, 346, no Centro.

Projeto combate o sedentarismo e é um berço de futuros atletas profissionais

O Projeto Navegar já diverte jovens como as irmãs Dalila Favascho, de 14 anos, e Talita Favascho, de 10 anos. Entusiasmada, Dalila confessa que é estimulante aprender a lidar com os barcos. “Nunca pensei que eu pudesse ter essa oportunidade”, salientou a aluna, que tem o remo como esporte preferido.   

Talita, que prefere a canoagem, ressaltou que sente o corpo muito mais leve com o passar das aulas. “Ainda estou começando a aprender, mas estou sentindo meu corpo mais leve do que antes. Quero seguir na canoagem”, declarou.

Outro aluno do Navegar, Wilson Gomes Filho, de 13 anos, disse que já conhecia o projeto há muito tempo e que sempre teve vontade de participar, mas não encontrava tempo. “Gostei tanto que agora, nas férias, venho de manhã e também à tarde. Quando as aulas na escola começarem, vou conseguir conciliar com os estudos. Não tenho a intenção de sair do projeto, que é um grande estímulo para o meu futuro”, ressaltou Wilson, admitindo que era sedentário antes de participar do Navegar.

Os pais dos participantes aprovam e apoiam a realização do projeto. Will Jourgen, pai de uma das alunas, destacou que, quando era jovem, praticava vela e adorou a oportunidade de ver sua filha dedicada a um esporte como esse. “Ela está muito entusiasmada com as aulas. Não poderia ser diferente. O projeto é maravilhoso”, frisou.

Em 2011, a Prefeitura de Maricá retomou as atividades do Projeto Navegar, lançado inicialmente em 2004. Investiu na reforma de 30 barcos e na compra de coletes salva-vidas.

O instrutor do projeto, Ricardo Viana, explica que os alunos aprendem técnicas de navegação, dicas de segurança na água, noções de correnteza, de vento e sinalização. “Por meio do Navegar temos a oportunidade de democratizar o esporte náutico na cidade e oferecer atividades saudáveis para os nossos jovens, além de estimular a formação de atletas profissionais”.