Saúde na Escola atende mais de 300 alunos em menos de um mês

0
660

O programa Saúde na Escola, realizado em parceria pelas secretarias municipais de Educação e de Saúde há cerca de um mês, já realizou 320 atendimentos a alunos da rede municipal de ensino.

O programa, que é permanente, tem por objetivo diagnosticar e atender alunos com problemas de saúde que prejudiquem o aprendizado. Uma equipe de profissionais em odontologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, fonoaudiologia e endocrinologia, entre outras especialidades, revezam-se semanalmente para atender os estudantes. A meta é que 7.400 alunos da rede municipal sejam beneficiados este ano.

Atualmente, o “Saúde na Escola” está na E.M. Carlos Magno Le Gentil de Souza, no Centro, toda terça-feira, das 9h às 17h, e em breve será levado a outras unidades. Dos 375 alunos avaliados até agora, 105 foram identificados pelos especialistas com algum tipo de dificuldade fonoaudiológica, 47 com problemas oftalmológicos e 71 com obesidade infantil.

Para o secretário de Saúde, Carlos Alberto Malta Carpi, esse é um programa indispensável para o avanço do ensino. “Muitas crianças têm dificuldade de aprender, por problemas auditivos, visuais e outros e muitas vezes não são identificados a tempo, prejudicando a criança e seu potencial de aprendizado”, declarou.