Atividades do PELC de Maricá viram exemplo de sucesso do Ministério do Esporte

0
1062
As atividades do PELC viraram um exemplo de sucesso utilizado pelo Ministério do Esporte.

As atividades realizadas pelo PELC – Programa Esporte e Lazer da Cidade – em Maricá viraram exemplo de sucesso utilizado pelo Ministério do Esporte como parte da propaganda institucional do programa. Neste sábado (08/12), uma equipe contratada pelo ministério visitou a cidade e registrou imagens e depoimentos de alunos, pais e funcionários do projeto, considerado um dos mais bem executados em todo o país.

Mais de 100 alunos do programa e representantes dos dois núcleos e 15 subnúcleos onde o PELC atua na cidade participaram da gravação realizada no Complexo Esportivo Leonel de Moura Brizola, no Flamengo. A equipe de produção – composta por dois cinegrafistas, um fotógrafo, um assistente de som e uma diretora de arte – também buscou conhecer a história de vida dos alunos beneficiados. Uma dessas é a aluna Maria Regina, de 61 anos, do núcleo do bairro Flamengo. Com um histórico de doenças e dependente de medicamentos controlados, Regina começou a frequentar as aulas de tapeçaria do programa e superou a depressão. Hoje, não não precisa mais dos remédios. "Estou muito mais disposta. Depois do PELC, minha vida mudou pra melhor", disse a aluna.

Um dos coordenadores do PELC de Maricá, Ederson Aparecido Couto, explicou como se deu a escolha da cidade. “Em agosto desse ano, um representante do ministério visitou todos os núcleos onde o programa é realizado em Maricá, avaliou as atividades oferecidas, conheceu as comunidades beneficiadas e conversou com as pessoas envolvidas para saber o que elas achavam. Na ocasião, me recordo que ele elogiou muito a forma como trabalhávamos”, destacou Ederson, acrescentando que essa visita também foi realizada em outros municípios.

Com a finalidade de desenvolver uma proposta de política pública e social que atenda às necessidades de esporte recreativo e de lazer da população, o PELC vai além do papel para o qual foi destinado, na visão do coordenador do programa em Maricá. “O efeito transformador do programa afeta os alunos, mas também os professores e até a comunidade. Dentre alguns aspectos, percebemos que os profissionais melhoram o comportamento e a personalidade por lidarem com comunidades carentes, frisou Ederson.

Para o subsecretário municipal de Esporte e coordenador geral do PELC em Maricá, Ronaldo Castro, além de proporcionar a prática de atividades físicas, culturais e de lazer, o PELC estimula a convivência social melhorando a qualidade de vida das pessoas. “A cada dia, percebemos a evolução dos alunos e da equipe. Inicialmente, eles se inscreviam pelo fato das atividades serem gratuitas, mas agora há também um vínculo afetivo com o programa, que faz com que os envolvidos sintam prazer por estar ali. É uma grande família”, destacou o subsecretário.

PELC em Maricá

Implementado em julho de 2001, o PELC é um programa federal, administrado pela secretaria municipal de Esporte. Atualmente, 1.500 alunos participam de suas atividades gratuitas, que vão do esporte (ginástica localizada, alongamento, hidroginástica, futebol, futsal, handebol, judô, jiu-jitsu, capoeira, kung fu e karatê) à dança (balé, jazz, dança de salão, dança livre e hip-hop), passando pela tapeçaria e artesanato. Ao todo, 14 funcionários são responsáveis pela realização do programa na cidade, que atende a um público de crianças a idosos.