Prefeitura de Maricá se prepara para garantir carnaval com ordenamento e segurança

0
2090
Reunião nesta terça-feira (08/01) marcou o início do planejamento da prefeitura para o Carnaval 2013.

Ações de fiscalização vão coibir carro de som, acampamentos e venda de bebida alcoólica para menores de idade

Representantes de órgãos municipais, do comando da Polícia Militar e o do Corpo de Bombeiros se reuniram na manhã desta terça-feira, dia 08/01, na Casa Digital, para discutirem os assuntos pertinentes à realização do carnaval 2013 em Maricá.

Acertando os últimos detalhes da programação, o secretário municipal de Turismo e Lazer, Amaury Vicente, destacou que o carnaval terá atrações de qualidade em diversos pontos como Itaipuaçu, Centro e Ponta Negra. “Esse ano nossa intenção é concentrar os eventos durante o dia com a realização de trios elétricos nas praias e blocos carnavalescos”. Segundo o secretário, os eventos noturnos realizados pela prefeitura não passarão das 2h da manhã.

“Queremos realizar o maior carnaval de todos os tempos, mas garantindo a segurança dos foliões e a tranquilidade das famílias que querem uma programação de qualidade”, explicou o secretário, acrescentando que serão contratadas 500 pessoas para colaborarem nos serviços de segurança, trânsito e fiscalização urbana e ambiental. “Esse efetivo será treinado nos locais onde trabalharão e, por uma questão de logística, queremos priorizar os moradores do local que tenham perfil para atuar em grandes eventos”, salientou.

Representando a PM, o comandante da 4ª Cia, Major Baptista, elogiou a iniciativa da prefeitura na contratação de pessoas que possam colaborar com o trabalho dos policiais. “Não temos estrutura nem efetivo para atender durante 24 horas todos os locais de eventos. Esse apoio é fundamental”, frisou o comandante.

Também presente ao encontro, o Major BM Wendell Carlos alertou para a necessidade de se manter o fácil acesso das vias principais dos bairros. “Temos que pensar numa rota de fuga e garantir o tráfego da ambulância para dar suporte em caso de acidente. As pessoas se apavoram e, às vezes, dificultam a chegada dos Bombeiros, por isso considero estratégico todo esse ordenamento do trânsito”, destacou.

Choque de ordem

Uma das preocupações do atual governo é manter a segurança dos foliões durante o carnaval. Por isso, as secretarias municipais de Turismo, Ambiente, Urbanismo, Defesa Civil, Transporte e Segurança se comprometem a atuar de forma preventiva e, quando necessário, realizar também ações de repressão, para manter a ordem na cidade. “Não podemos permitir carros de som, venda de bebida alcoólica para menores de idade e acampamento em nossa cidade. Queremos oferecer um carnaval que permita a diversão das famílias”, acrescentou o secretário de Turismo. A legislação municipal (decreto nº 009/2011) diz que é ilegal o uso de áreas de preservação permanente como ‘camping’, por exemplo. Segundo Amaury, a prefeitura, por meio da secretaria de Ambiente, vai realizar fiscalizações constantes para impedir a ocupação de faixas marginais de proteção do mar, rios, lagoas e reservatórios de água da cidade.

A secretaria de Urbanismo será a responsável pelo cadastramento dos ambulantes, assim como estipular a quantidade de barracas que poderão funcionar durante o carnaval. Estão previstos cerca de 150 vendedores, distribuídos entre os bairros onde haverá apresentações musicais e desfiles de blocos de rua. Haverá equipe de prontidão durante todo o carnaval para coibir os ambulantes sem permissão para atuar na cidade. O objetivo é permitir que o folião conte com os serviços, mas de forma organizada.

Uma nova reunião entre integrantes das secretarias municipais envolvidas com o evento está sendo realizada na tarde de hoje, na secretaria municipal de Turismo, para a definição dos detalhes sobre o trabalho de ordenamento de trânsito e fiscalização ambiental.