Exibição de “Jango” e declamação de poesia são atrações do projeto “Golpe de 64” desta semana

0
757
Filme "Jango" é a atração desta semana no projeto do Golpe de 64.

Nesta semana, duas atividades integram a programação do projeto cultural “Golpe de 64 – A História que não foi contada”, realizado pela secretaria municipal de Cultura e que reúne atividades gratuitas como shows musicais, exibição de filmes com debates e palestras, além de apresentação de esquetes teatrais.

Nesta quarta-feira, dia 13/03, às 19h, o projeto exibe o documentário “Jango” na Sala Darcy Ribeiro, localizada na Casa de Cultura de Maricá. O filme, dirigido por Sílvio Tendler, mostra a trajetória política do 24° presidente brasileiro, João Goulart, deposto por um golpe militar nas primeiras horas de 1º de abril de 1964. A reconstituição da trajetória de Goulart é feita por meio da utilização de imagens de arquivo e de entrevistas com importantes personalidades políticas como Afonso Arinos, Leonel Brizola, Celso Furtado, Frei Betto e Magalhães Pinto, entre outros.

O documentário captura o clima político brasileiro durante a década de 1960 sob o contexto histórico da Guerra Fria. “Jango” narra exaustivamente os detalhes do golpe e se estende até os movimentos de resistências à ditadura, terminando com a morte do presidente no exílio e imagens de seu funeral, cuja divulgação foi censurada pelo regime militar.

Com o slogan "Como, quando e por que se derruba um presidente", o documentário levou mais de meio milhão de espectadores às salas de cinema, tornando-se o sexto documentário de maior bilheteria da história do cinema brasileiro. O trabalho foi agraciado em 1984 com o Troféu Margarida de Prata, da CNBB, prêmio especial do júri e prêmio do público e de melhor trilha-sonora do Festival de Gramado.

Dando continuidade  à programação, no dia 14/03, às 15h, na Praça Orlando de Barros Pimentel 9em frente à Casa de Cultura0, haverá declamações e exposições de poesias de diversos autores da época como Antônio Callado e Ferreira Gullar, por meio do projeto Maricá Vive: Poesia.

O secretário municipal de Cultura, Sérgio Mesquita, explicou a importância de se resgatar a história recente do Brasil. "Temos que olhar para trás e tentar não repetir os mesmos erros no futuro", defendeu.

Programação
13/03 – 19h – Exibição e debate do documentário “Jango” – Local: Casa de Cultura de Maricá

14/03 – 15h – Local: Praça Orlando de Barros Pimentel
Maricá Vive: Poesia

20/03 – 19h – Exibição e debate dos curtas “Leila Para Sempre Diniz” e “Eh, Pagu, Eh”
Palestrante: Jornalista e psicóloga pós-graduada em Comunicação Social e Gestão Pública Rosangela Zeidan
Local: Universidade Severino Sombra

22/03 – 19h – Exibição e debate do filme “Marimbás”, de Vladmir Herzog
Palestrante: Jornalista e integrante do Cineclube Curto-Circuito na época do golpe militar Odemir Capistrano
Local: Casa de Cultura de Maricá

24/03 – 16h – Batalha de MC´s – Local: Praça Orlando de Barros Pimentel

27/03 – 19h – Exibição e debate do documentário “De Mãos Dadas”
Palestrante: Doutor em Comunicação e Cultura pela UFRJ professor André Lazaro.
Local: Universidade Severino Sombra

28/03 – 19h – Exibição e debate do documentário “Cidadão Boilense”
Palestrante: Ex-combatente da Ação Libertadora Nacional, o Comandante Carlos Eugênio Clemente
Local: Universidade Severino Sombra

06/04 – 19h – Apresentação de esquetes teatrais, depoimentos de pessoas que viveram na época, vídeos, shows
Local: Anfiteatro da Praça Orlando de Barros Pimentel