Casa da 1ª à 3ª Idades realiza exposição de artesanato com sustentabilidade

0
1630

A Casa da 1ª à 3ª Idades, referência no estado pelo trabalho com idosos e a integração entre gerações, realizou nesta terça-feira (26/03), uma exposição das oficinas de artesanato do projeto “Caminhos da Sustentabilidade“. A mostra incluiu panos bordados e pintados à mão, estatuetas em papel machê  (como a da mulher africana da tribo Herrero), mandalas de mosaico, bandejas de decoupage, entre outros trabalhos dos frequentadores.

Sandra Maria Maggi Costa, 55 anos, pensionista, moradora de Inoã, vende flores de meia que aprendeu a fazer com a professora Ilma Macedo. Para ela, o artesanato “ajuda no orçamento, que é pouco”. “Além disso”, afirma, “é uma terapia estar produzindo e trabalhando com pessoas amigas”. Maria de Fátima Marcelo, 59 anos, moradora na Barra de Maricá, faz panos de prato e toalhas de mão bordadas. “Vendo para vizinhos e amigos encomendam. É uma forma de melhorar a renda também”, avaliou. Já Vanilda Santos, 65, moradora no Flamengo, contou que até a neta Camila, de 10 anos, ajuda a vender na escola as flores de meia que faz.

Um dos trabalhos mais interessantes da mostra – e que comprova a eficácia do foco na sustentabilidade – é o da aluna Sônia Maria da Silva Mafra, de 66 anos, que confecciona sombrinhas de crochê. “Sou a única artesã em Maricá que faz e vende peças deste tipo. As encomendas são muitas, por isso trabalho em casa”, explicou.  O interesse do público é crescente, como atesta a professora de Mosaico, Márcia Machado, cujos alunos já vendem até no Mercado das Artes. “É um tipo de artesanato com aprendizado básico em média de um ano, devido à variedade de material empregado”, explicou. “A produção maior está no curso da unidade de Itaipuaçu. Lá, nossas alunas têm clientela antiga”, enfatizou.

Renda e autoestima

A secretária municipal de Ações para o Idoso, Denize Fortes, destacou a importância do programa. “Este projeto tem por finalidade a  geração de renda do idoso, que complementa a renda da família, e o resgate de sua autoestima. Agradeço a Deus, ao prefeito Washington Quaquá e à primeira dama Rosângela Zeidan, e a toda a equipe da Casa, professores e alunos. Sem vocês, o projeto não existiria”, concluiu.

 A Casa da 1ª à 3ª Idade funciona de segunda a sexta-feira, de 7h às 19h, no Centro e Itaipuaçu, além de 11 núcleos, distribuídos pelos bairros de Bambuí, Guaratiba, Marquês, São José do Imbassaí, Bananal e Fernando Mendes (Inoã), SPAR, Santa Paula e Itaipuaçu, no horário das 8h às 16h, com dezenas de cursos e atividades. Para se inscrever, é necessário apresentar cópias do CPF e RG, comprovante de residência, atestado médico (original e duas cópias), e duas fotos 3 X 4. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3731-0589. A Casa da 1ª à 3ª Idade, fica à Rua Clímaco Pereira, 269, Centro, Maricá.