Edição especial do Samba di Boteco em homenagem a São Jorge

0
937
Zé Luiz do Império Serrano e Claudinho Guimarães no Samba di Boteco deste domingo

Em homenagem ao Dia de São Jorge, comemorado no dia 23 de abril, a secretaria de Turismo de Maricá realiza a edição especial do projeto Samba di Boteco. O evento será na próxima- terça-feira (feriado estadual), às 17h, na Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel (Centro) e contará com as apresentações do cantor e compositor Zé Luiz do Império Serrano ao lado do sambista Claudinho Guimarães da Banda Feijão com Arroz.

No repertório estão incluídos clássicos do samba de artistas consagrados como Noel Rosa, Cartola, Adoniran Barbosa, Candeia, Nelson Cavaquinho e Bezerra da Silva, entre outros. Para o compositor e cantor Claudinho Guimarães, a participação de Zé Luiz do Império Serrano promete agradar a todos os amantes do samba. “Nossa apresentação está recheada de samba de raiz, com músicas autorais e inúmeros sucessos de compositores inesquecíveis”, destacou Claudinho Guimarães.

Zé Luiz do Império Serrano
Nascido no bairro de Santa Tereza, o carioca José Luiz Costa Ferreira, mais conhecido como Zé Luiz da Império Serrano, hoje faz frente à presidência da Velha Guarda da escola.

Fundador do Pagode de Resistência, na década de 70, o cantor e compositor compartilhava com muitos a vontade de revitalização do gênero e de sua importância para a música brasileira.

Dono de uma voz marcante, Zé Luiz é tido como melodista refinado e um letrista muito criativo, o que lhe rendeu boas parcerias e composições. Ao longo de sua carreira artística integrou a ala de compositores do Império Serrano e Acadêmicos do Salgueiro e foi um dos fundadores, ao lado de Nei Lopes, Candeia e Wilson Moreira, da ala de compositores do Grêmio Recreativo e Artes Negras Quilombo.