Prefeitura de Maricá entrega novas instalações da 21ª unidade escolar reformada

0
1705
Alunos da EM Marquês de Maricá disputam a competição de História - Foto: Divulgação

A manhã desta quarta-feira (15/05) foi de festa para os moradores do Jardim Atlântico, em Itaipuaçu.  Autoridades, alunos, pais e educadores comemoram a entrega das obras de reforma e ampliação da Escola Municipal Marquês de Maricá, a 21ª unidade totalmente remodelada pela atual administração. Ao todo, a rede possui 49 escolas.

Realizada com recursos próprios, as obras custaram R$ 1,21 milhão e incluíram construção de uma quadra poliesportiva coberta, de uma sala de secretaria e de um parque de recreação também com cobertura. O trabalho contemplou ainda uma ampla reforma estrutural, com troca de todos os cabos elétricos e tubos hidráulicos, a instalação de cobertura na entrada, pintura geral, reconstrução dos banheiros e cozinha, substituição dos pisos das salas, banheiros, cozinha e dispensa e da troca de esquadrias de todas as janelas, bem como da reforma da cisterna. Os custos foram estabelecidos pela tabela da EMOP-RJ (Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro).

Para o prefeito de Maricá, Washington Quaquá,  a obra é uma conquista da comunidade, que se mobilizou pela escola. “Esse espaço ficou anos esquecido por governos anteriores. Itaipuaçu nunca recebeu tanto investimento como agora”, destacou, acrescentando que a prefeitura pretende implantar aulas de música nas unidades e que está viabilizando a adoção do ensino de tempo integral para o primeiro segmento, com atividades esportivas e culturais. Como meta, o prefeito citou ainda a reforma de todas as escolas já construídas, a construção de 15 creches e 11 novas escolas e a pavimentação da orla e da Rua 36, até a Rua 90. Na mesma ocasião, a primeira dama, Rosangela Zeidan, anunciou a entrega de 17 mil tablets para alunos da rede municipal ainda este ano. “Na próxima semana, nosso prefeito acertará os detalhes para a compra. Pretendemos fazer a entrega no Dia das Crianças”, adiantou Zeidan.

O vice-prefeito e coordenador-geral de governo, Marcos Ribeiro, destacou a importância da ampliação da unidade. “Estou satisfeito ao ver a felicidade dos alunos com a construção da quadra e do parquinho”, destacou o vice-prefeito. A secretária municipal de Educação informou que a reforma exigiu uma mudança no cronograma de obras da secretaria. “O estado unidade exigiu que o alterássemos, de forma que pudéssemos oferecer melhores condições de ensino aos alunos”, declarou Marta.

À frente da escola desde janeiro de 2013, a diretora Carmem da Cunha não escondia a alegria nessa nova realidade da unidade e de Itaipuaçu. “Nosso bairro está de cara nova com as diversas obras que estão sendo realizadas. Fazemos parte desse tempo de mudança” salientou Carmem.

As mães e os alunos estavam radiantes. Andreza Alves dos Santos, de 23 anos, tem três filhos que estudam na escola (Pedro Lucas, de nove anos, Victória, de sete anos, e Douglas, de quatro anos). Para ela, que sempre acompanha as atividades na unidade, a reforma facilita o aprendizado. “Agora, eles estão entusiasmados para vir. As salas estão limpas, mais iluminadas com um espaço mais amplo e uma nova quadra para a prática de esportes”, destacou a mãe.

Arthur de Barros Silva, de 13 anos, é aluno há mais de seis anos. “O que mais gostei foi o refeitório. Não quero sair daqui para nenhuma outra escola, nem particular”, destacou.  Adrielly Loraine Alves de Oliveira, de 14 anos, se diz mais motivada para estudar. “Agora, estou praticamente numa nova escola”, frisou a aluna, que apresentou coreografias de dança junto com outras colegas do 2º segmento. Também houve apresentação de alunos da Educação Infantil e música ao vivo, com a cantora Dhara Pires e Adriano Esteves, nos teclados.

A escola hoje atende, em dois turnos, a 617 alunos da Educação Infantil ao 9º ano. Cerca de 50 estão matriculados na Educação Infantil, 272 do 1º ao 5º ano, 286 do 6º ao 9º ano e nove alunos portadores de necessidades especiais matriculados na sala de recursos.  A escola possui 50 profissionais. Além da Escola Municipal Marquês de Maricá, a prefeitura investe atualmente na reforma de mais outras unidades: E. M. Vereador Osdevaldo Marins da Matta (Bairro Santa Paula), a E. M. Escola Municipal Carlos Magno Legentil de Mattos (Bairro Centro), e E. M. Alfredo Nicolau da Silva Júnior (no Bairro Marques de Maricá).