CAPS promove festa julina para os pacientes

0
372

O Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS) de Maricá realizou na tarde desta sexta-feira (5/7) uma festa julina para seus pacientes. Numa clima de muita animação, eles dançaram e participaram de jogos e brincadeiras. Havia também muitas comidas típicas e um bazar onde eram vendidas roupas. Os funcionários da unidade se vestiram a caráter e também se divertiram.

Todas as prendas e comidas, além da decoração, foram obtidas com doações de comerciantes, cidadãos comuns e também de familiares dos pacientes. A festa contou com a participação do grupo musical Alegria de Viver e do grupo de dança cigana da Casa da 1ª à 3ª Idade, que fica ao lado do CAPS, na Rua Clímaco Pereira, no Centro. De acordo com a equipe, estes eventos são parte da política de ressocialização do paciente. 

“Ele chega aqui quase sempre isolado, com pouca assistência e quase sem nenhuma autonomia. As oficinas e eventos que promovemos são parte importante desse trabalho e nos ajudam a avaliar a evolução dos pacientes”, observa o coordenador técnico da unidade, Mauro Campos da Paz.

Residência – Nos próximos meses, o CAPS contará com uma residência terapêutica, destinada a pacientes domiciliados em Maricá e que atualmente estão internados no Hospital Colônia Rio Bonito. O imóvel que vai abrigar o espaço fica no centro da cidade. O coordenador de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde, Luiz Otávio Costa Silva, explica que será um local para que a pessoa atendida volte a ter uma referência de lar.

“Séra um local onde ela poderá se sentir realmente em casa, fazendo comida e assistindo TV, por exemplo", explicou o coordenador.