Secretaria de Educação anuncia vencedores do Projeto Redação 2013

0
961
Vencedoras dos três melhores texto do Projeto Redação 2013

A secretaria de Educação de Maricá divulgou o nome dos três ganhadores do Projeto Redação, realizado pelo jornal Folha Dirigida, em parceria com a prefeitura e a Biblioteca Nacional, que visa incentivar à criação literária entre estudantes de escolas públicas. As vencedoras foram as alunas Emanuelle de Oliveira Simas Monteiro (aluna do 5º ano da E.M. Conego Batalha), Suzane Pereira dos Santos (9º ano da E. M. Lúcio Thomé Guerra Feteira) e Débora Christina dos Santos Figueiredo (4º ano do Curso Técnico em Edificações do CEM Joana Benedicta Rangel) selecionadas dentre 50 textos de diversos gêneros, de poemas a contos, que abordaram o tema “Maricá 200 anos”.

A superintendente municipal de leitura, a professora de Língua Portuguesa e Produção Textual, Mônica Salles, explica que o projeto, realizado pelo terceiro ano consecutivo na cidade, permite a edição de dois livros produzidos com textos de alunos: um reúne os 50 textos produzidos pelos alunos participantes (esse ano ele será lançado na 1ª Feira do Livro de Maricá (Flim), no dia 25/10, com direito a uma tarde de autógrafos); e um segundo – chamado “O Livro de Ouro” – com as três melhores redações de todas as cidades envolvidas no projeto.

Segundo a superintendente, o objetivo do projeto é estimular o gosto pela leitura e o consequente desenvolvimento da escrita entre os alunos. “Mais uma vez, o projeto despertou o interesse e empenho dos alunos. Eles estão de parabéns”, declarou Mônica, acrescentando que a iniciativa envolve todas as escolas municipais e alunos de todas as idades e séries escolares (da Educação Infantil até a Educação de Jovens e Adultos).

Para a secretária municipal de Educação, a professora Marta de Mello Quinan, o projeto segue a estratégia pedagógica da atual administração de valorizar o desenvolvimento educacional do aluno. “Buscamos oferecer aos nossos alunos uma gama de possibilidades para o aperfeiçoamento de seu aprendizado. A rede municipal desenvolve em todas as unidades um trabalho de incentivo à leitura e produção textual para permitir ao aluno, desde cedo, o contato com a literatura e com todo tipo de informação”, declarou.

Uma das vencedoras do projeto, a aluna do 5º ano da E.M. Conego Batalha Emanuelle de Oliveira Simas Monteiro, de 11 anos, está muito contente por ter sido selecionada pela primeira vez. “Adoro ler e sempre que posso faço em casa redações e textos. Foi muito legal participar e melhor ainda poder ver meu texto publicado num livro. Vou guardar isso pro resto da minha vida”, disse. Para escrever seu texto, Emanuelle se inspirou num bate-papo com um vizinho de mais de 60 anos que lhe contou algumas histórias do passado da cidade. “Quis abordar detalhes que não encontramos nos livros didáticos”, declarou a aluna.

Quem também está muito satisfeita com a conquista é Luciana de Oliveira Simas, mãe de Emanuelle. Para ela, é a oportunidade de ver seus próprios sonhos e expectativas sendo realizados. “Não tive condições de me dedicar exclusivamente aos estudos. Era caro, transporte não era gratuito e hoje me sinto realizada ao ver a conquista da minha filha”, frisou a mãe, que, em casa, adota uma educação, segundo ela, à moda antiga. “Não tenho internet em casa, por exemplo, porque eu considero arriscado expor a minha filha a temas inadequados. Prefiro que ela se dedique aos livros”, opina Luciana.