Creche municipal de Bosque Fundo recebe programa de saúde

0
806

A secretaria municipal de Saúde, em parceria com a secretaria de Educação, promoveu na última semana dois do programa “Saúde nas Creches”, na Creche Municipal Professor José Carlos de Almeida e Silva, em Bosque Fundo (Inoã).

Realizado pela primeira vez na cidade, a iniciativa é uma parceria com o governo federal e tem como objetivo avaliar as condições de saúde entre as crianças de dois a cinco anos atendidas nas creches, além dos pais e profissionais. Com foco na prevenção e no incentivo a hábitos saudáveis, o “Saúde nas Creches” tem, entre outros serviços, aplicação de flúor e distribuição de kits de higiene bucal (pasta e escova dental), avaliação das cadernetas de registro de vacinas, verificação de peso e altura (com eventual encaminhamento para unidades básicas de saúde), além de palestras e exibição de filmes para os pais e responsáveis pelas crianças.

Em Bosque Fundo, a ação contou com a orientação de 11 profissionais de saúde básica, além das coordenadoras de Imunização da rede municipal de Saúde, Núbia Brum, e da técnica em alimentação e Nutrição, Elisa Simas, além do apoio do CRAS de Inoã. “O programa engloba prevenção, promoção, recuperação e manutenção da saúde das crianças e seus familiares”, ressaltou a coordenadora de Imunização, Núbia Brum.

Planeta Sustentável

Para garantir o envolvimento de toda a comunidade na alimentação saudável das crianças atendidas na creche de Bosque Fundo, um desafio foi proposto aos profissionais que trabalham na unidade. Junto com as crianças, eles começaram a criar uma horta com o apoio da secretaria municipal de Agricultura e Pesca – que forneceu sementes para o início do plantio. Em um espaço livre no jardim da escola, as crianças se divertiram plantando sementes de hortaliças e legumes, que complementarão a alimentação oferecida na unidade.

“A horta será implantada aos poucos, com a participação direta das crianças para que elas se familiarizem com a identificação de cada hortaliça ou legume plantado”, declarou a coordenadora da área técnica de alimentação e nutrição, Elisa Simas.