Circuito Ecológico: sábado terá etapa no Caminho de Darwin

0
1284
Participantes comemoram a chegada na Pedra do Elefante, em Itaipuaçu

Inscrições, com vagas limitadas, são realizadas na secretaria municipal de Turismo até sexta-feira

A secretaria de Turismo de Maricá está com inscrições abertas para mais uma edição do Circuito Ecológico da cidade. O projeto, que reúne várias outras secretarias, vem chamando cada vez mais a atenção do público, tanto de Maricá quanto de outras cidades. A cada edição o grupo tem, em média, 25 participantes. No sábado (19/10), os aventureiros irão percorrer uma das principais etapas do circuito – o “Caminho de Darwin”, entre as cidades de Niterói e Maricá. Esta foi a trilha em que o naturalista inglês passou em 1832, quando pesquisou a biodiversidade da região para incluir suas conclusões na Teoria sobre a Evolução das Espécies. A caminhada, guiada pela secretaria com apoio do Grupamento de Defesa Ambiental e de agentes da Defesa Civil, é gratuita.

As inscrições são feitas somente na secretaria de Turismo (Praça Conselheiro Macedo Soares, no Centro) até sexta-feira (18), das 9h às 17h. É necessário apenas preencher um formulário com um documento de identificação e endereço. As vagas para transporte gratuito são limitadas (até 25 pessoas), mas os participantes também podem ir em transporte público ou com veículos próprios até o local de início da caminhada. O horário de saída da secretaria é às 7h30. O “Caminho de Darwin” é feito numa trilha de leve a moderada e a previsão do percurso é de 2 horas e 30 minutos. A trilha é apropriada para pessoas de várias idades, inclusive menores (acima de 10 anos), desde que acompanhados dos responsáveis. Mais informações pelo telefone 3731-5094.

Esta é a quinta trilha ecológica promovida pela secretaria em pontos turísticos do município – as outras foram realizadas na Pedra do Elefante, em Itaipuaçu (duas); Mirante do Caju, região central; e Tomascar, no Espraiado. O objetivo é divulgar as trilhas ecológicas da cidade. ”Convidamos os moradores a desbravar as trilhas e conhecer pontos turísticos de Maricá. Além de incentivar à prática de atividade física e à contemplação das belezas naturais da nossa cidade”, ressalta o secretário Amaury Vicente.

Dicas para uma caminhada segura

Os organizadores orientam os aventureiros a usarem roupas leves e calçados apropriados. É importante também levar água, frutas e outros alimentos leves. Por se tratar de uma atividade aeróbica, o circuito não é recomendado para quem possui problemas cardíacos.