Cultura dá início ao projeto “Humanização dos Prédios Públicos”

0
629
Cultura inicia projeto "Humanização dos Prédios Públicos"

Transformando ambiente de trabalho em espaços de arte, a secretaria municipal de Cultura deu início, nesta segunda-feira (16/12), ao projeto “Humanização dos Prédios Públicos” com a exposição de 18 quadros da artista plástica Alice Serpa nos corredores do Paço Municipal. A intenção é oferecer aos artistas locais mais um espaço para divulgação de seus trabalhos, ao mesmo tempo, tornar mais agradável o local de trabalho. 

De acordo com o secretário municipal de Cultura, Sérgio Mesquita, a ideia do projeto é propiciar um ambiente mais acolhedor para funcionários e visitantes. “Nossa proposta é quebrar a frieza dos locais públicos de trabalho. E nada melhor que fazermos isso por meio de arte”, destaca Sérgio. Segundo o secretário, o projeto não se restringe apenas à exposição de artistas locais. “É mais amplo, queremos oferecer também esquetes teatrais, shows musicais e apresentação dos palhaços Chapinha e Teleco nos mais diversos espaços”, acrescentou.  

Exposição
Para lançamento do projeto, a secretaria de Cultura convidou a artista Alice Serpa, que nunca havia apresentado seus trabalhos na cidade. Com foco na temática floral, dentre os quadros expostos destacam-se: “O Sonho de uma Bailarina”; “Flores” e o premiado “Lírios Dourados” (medalha de ouro no Salão de Artes Plásticas e Literatura Elisabeth Kinga, medalha de prata no Salão de Artes Plásticas da Base Aérea dos Afonso e Menção Honrosa no Salão de Artes Plásticas Feirense).  

Com 66 anos de idade, Alice desde a adolescência se dedica à produção artística, e, ao longo de sua carreira, já produziu mais de 60 obras. Já expôs na Casa da Espanha, no Ministério da Defesa e no Country Club Tijuca, além de ter sido agraciada com diversas honrarias como as comendas Láurea do III Milênio, em 2002, e do 1º Salão de Artes Plásticas Brasil Hungria. 

Moradora há seis anos do distrito de Itaipuaçu, a artista afirma que as belezas de Maricá servem de inspiração para a produção de suas telas. “A natureza daqui é muito rica e nos permite ainda mais soltarmos nossa imaginação. Sou uma artista eclética, voltada para os temas florais, marinas, femininos, mas quando bate a inspiração, aventuro-me em outros”, destacou Alice, que utiliza várias técnicas como pintura acrílica, a óleo, espatulada, mista, textura e colagens, dentre outras. 

As obras da artista Alice Serpa ficarão expostas até o dia 30 de janeiro e estão à venda. Os interessados poderão entrar em contato com a artista no telefone (21) 2639-6993. Após essa data, serão apresentadas as de outros artistas, selecionados pela secretaria. Além da prefeitura, o projeto também vai visitar a Câmara de Vereadores, escolas municipais, postos de saúde e também a enfermaria infantil do Hospital Conde Modesto Leal.