Barra de Maricá sofre modificação viária para facilitar acesso à nova ponte

0
1637

Não é apenas a ponte da Barra de Maricá que modificou a paisagem de um dos pontos mais procurados pelos banhistas que moram ou visitam a cidade. O entorno da nova também passa por transformações que estão melhorando a infraestrutura do bairro e transformando a realidade da população. A principal delas acontece no sistema viário, para facilitar o acesso à ponte, cujas rampas serão finalizadas até esta sexta-feira (20/12).

Depois da preparação das ruas 12 e João Frejat (antiga Rua 13), que servirão, respectivamente, de entrada e saída da ponte, o trecho final da chamada Avenida Central do bairro foi pavimentado esta semana. O mesmo será feito nas ruas que cercam o DPO, que fica ao lado da rampa. Na esquina da Rua 12 com a João Saldanha, a principal do bairro, agentes da Guarda Municipal já orientam motoristas sobre o sentido das ruas.

Outra mudança significativa é o fechamento definitivo da Rua João Joaquim da Costa, que era historicamente o principal acesso ao trecho entre o mar e a lagoa. A via foi bloqueada com meios-fios na altura da rampa da ponte e terá uma abertura para permitir o acesso de barcos e jet skis, além do estacionamento de veículos.

De acordo com a Secretaria de Obras, a pavimentação vai chegar a mais treze ruas da Barra de Maricá no próximo ano. O projeto de urbanização dos entornos da ponte da Barra prevê ainda a criação de espaços de estacionamento, áreas de lazer nos dois lados e a revitalização da quadra poliesportiva que fica atrás do DPO.

Ao lado da ponte, uma retroescavadeira e uma pá mecânica trabalham na remoção de toneladas de areia, para que o espelho d’água da lagoa avance por baixo da via e chegue à altura da antiga passagem dos carros em direção a Guaratiba. A nova área poderá ser frequentada por banhistas e, após a liberação do trânsito na ponte, vai facilitar a ligação com o mar depois que o canal for aberto – permitindo maior circulação e a renovação da água do complexo lagunar com o mar e, consequentemente, a oxigenação da água, principalmente em períodos de estiagem.

A ponte da Barra tem 172 metros de extensão e integrará o Centro aos bairros de Guaratiba, Cordeirinho, Bambuí e Ponta Negra. A previsão de liberação para o trânsito de veículo e para o fim deste mês.