Carlos Minc e Quaquá inauguram Ponte da Barra

0
2016
Carlos Minc e Quaquá inauguram Ponte da Barra

O prefeito Washington Quaquá e o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, inauguraram nesta quinta-feira (16/01), a maior obra realizada no município, a Ponte da Barra de Maricá. Com 172 metros de extensão, a obra é parte de um pacote de ações tanto de proteção e revitalização do complexo lagunar de Maricá quanto para solucionar os alagamentos causados por enchentes que isolavam as regiões da Barra e de Cordeirinho por vários dias, causando transtornos e prejuízos à população.

Com o custo de R$ 10,6 milhões, dos quais R$ 2,4 milhões em recursos próprios e o restante repassado pelo governo estadual, por meio do FECAM, o Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano, a nova estrutura passa a integrar a RJ-102 (avenida Maysa) e a interligar os bairros de Guaratiba, Cordeirinho, Bambuí e Ponta Negra à região central de Maricá.

O secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, destacou que a construção é uma obra de saneamento ambiental que vai trazer o equilíbrio do ecossistema. “A abertura do canal permitirá a oxigenação das águas garantido a entrada de peixes na lagoa, mas não é só isso. Essa obra acaba com a divisão geográfica de moradores que tinham que andar mais de 40 km para ir ao Centro da cidade”, destacou. Minc também lembrou da parceira da secretaria de Estado do Ambiente na área ambiental de Maricá. “No ano passado, garantimos o encerramento do lixão de Maricá e a instalação da UPAm (Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual da Serra da Tiririca), em Itaipuaçu, com o objetivo de intensificar o combate aos crimes ambientais em áreas preservadas.

O prefeito Washington Quaquá relembrou os problemas causados pelas enchentes de 2010 e destacou o papel da construção. “A obra é uma reivindicação histórica dos pescadores, em 2010 precisamos abrir o canal para que as pessoas pudessem sair de casa. Além disso, queremos recuperar a vida da lagoa", afirmou. "Por enquanto, a abertura do canal será feita manualmente, quando necessário, sempre sob a orientação do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), mas a prefeitura planeja construir uma eclusa no local”, acrescentou. O prefeito deu à ponte o nome de Marco Antônio Cardoso Siqueira, homenagem ao seu irmão falecido em 29/07/13.

Para o vice-prefeito e coordenador-geral do governo, professor Marcos Ribeiro, a construção é a maior obra dos 200 anos da história do município. “Quem vive em Guaratiba, Cordeirinho e adjacências sabe da importância dessa obra para garantir a mobilidade”, declarou o vice-prefeito. O Presidente da Câmara, vereador Fabiano Horta, também ressaltou que a construção, era o sonho de muitos maricaenses. “Esse projeto é fundamental para a cidade há décadas por garantir a ligação entre a água do mar e da lagoa, sem a necessidade de bloquear a passagem dos moradores”, frisou o presidente do Poder Legislativo.

A geógrafa e professora da Uerj, Desirée Freire, também é a favor da construção da ponte porque irá permitir que a barra seja aberta em um período maior e sem causar transtornos aos moradores, além de fazer a troca de água entre a lagoa e o mar, fundamental para o equilíbrio do ecossistema da região. “O canal ajuda na limpeza da lagoa e restabelece a ligação natural da fauna marinha com o ambiente lagunar, favorecendo a pesca. Todo este esforço em manter a qualidade ambiental da lagoa é fundamental para o modo de vida e trabalho dos pescadores que são um patrimônio da cidade”, ressaltou a geógrafa.

Para o pescador Acirezio Corrêa da Silva, de 78 anos, a ponte era realmente uma reivindicação antiga dos moradores e pescadores da região. “Sempre sustentei minha família com a pesca e os maiores camarões da região são da lagoa da Barra. Pescadores de Cordeirinho, Ponta Negra, Bambuí e de Saquarema vem pescar aqui na lagoa”, declarou Acirezio, acrescentando que, com a ponte, a pesca estará garantida no período de renovação das espécies. “Três vezes por ano existe a abertura natural da lagoa e agora não ficaremos mais isolados”, completou.

Melhorias para a região 
Durante a construção da nova ponte, a Prefeitura elaborou um projeto complementar para modernizar o entorno da lagoa e aumentar o potencial turístico de Barra de Maricá. Estão previstos novos equipamentos públicos, com áreas de lazer, pontos de observação da natureza com deques, estacionamentos e uma iluminação especial.

Além disso, equipes da secretaria municipal de Obras atuam nos últimos meses na urbanização das principais vias ao redor dos acessos à ponte. A região também passou por modificações viárias para reordenar o trânsito, como o fechamento definitivo da Rua João Joaquim da Costa, que será transformada numa área de convivência.

Dudu Nobre
Um dos nomes mais importantes da nova geração do samba brasileiro, o cantor e compositor Dudu Nobre, se apresentou após a cerimônia de inauguração. Por medidas de segurança, o show foi interrompido com trinta minutos de duração por causa da forte chuva e devido à falta de energia elétrica no local. Pelo mesmo motivo também foi cancelada a apresentação da banda Nosso Bloco.