Prefeito Quaquá lança projeto ambiental Maricá+Verde

0
6604
Prefeito Quaquá lança projeto ambiental Maricá + Verde

Até o fim o ano, a meta é plantar mais de 300 mil mudas de árvores

Em homenagem ao Dia Municipal da Mata Atlântica (21/03) e o Dia Mundial da Água (22/03), o Prefeito de Maricá Washigton Quaquá lançou na manhã desta sexta-feira (21/03) o projeto Maricá + Verde, da Secretaria Municipal do Ambiente, que tem objetivo estratégico de recuperar as áreas de preservação permanente (APP), situadas às margens de córregos e rios. O lançamento, realizado próximo ao Rio Mumbuca, contou também com a presença do vice-prefeito Marcos Ribeiro, o presidente da Câmara de Vereadores, Fabiano Horta, vereador Helter Ferreira, diversos secretários e alunos da Escola Municipal Profª Ondina de Oliveira Coelho.

Na ocasião, Quaquá destacou a relevância do projeto para o município. "Estamos investindo em ações de recuperação e preservação do meio ambiente em nossa cidade. Das sete unidades de preservação existentes em Maricá, cinco foram criadas em nosso governo, o que ratifica a nossa preocupação constante em aumentar a arborização urbana das ruas, tornar o clima mais agradável e embelezar ainda mais a nossa cidade", declarou ele, que ainda revelou a meta de plantio na cidade durante 2014. "A meta do projeto Maricá + Verde é plantar até o fim do ano 300 mil mudas de árvores", contou.

O prefeito, que foi o primeiro a plantar uma muda de ipê roxo, disparou o contador de árvores –  disponível na página principal do site oficial da Prefeitura (http://www.marica.rj.gov.br/?s=home). Ao longo da ação, foram plantadas, às margens do Rio Mumbuca, 100 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica, como pau-brasil, oiti, ingá, ipê amarelo e ipê roxo, doadas 40 mudas de árvores para a população e distribuídos adesivos educativos.

De acordo com o secretário municipal de Ambiente, Tiago de Paula, o diferencial do Maricá + Verde é a participação popular. "Queremos convocar toda a população a participar junto com a gente desse projeto. Quem tiver interesse pode ir na secretaria para pegar sua muda e se comprometer a realizar o plantio, cuidar dela e fazer parte do contador de árvores". A Secretaria de Ambiente fica na Rua Vereador Luiz Antônio da Cunha, 428. O telefone de contato é (21) 2637-3835. Os interessados preenchem um formulário de recebimento da muda, confirmando o local e a data em que foi realizado o plantio. 

Quem já aproveitou para pegar sua muda foi a moradora de Inoã, Maria Angélica Gregório, de 68 anos. "Há tempos estava querendo um pé de ipê. Quero plantar no meu quintal para daqui a uns anos aproveitar a sua sombra", destacou a moradora, que possui em casa pés de diversas plantas frutíferas, como caqui, banana e jamelão.

A moradora de São José do Imbassaí, Creonice Barbosa dos Santos, de 58 anos, também aproveitou para levar uma muda da árvore. "Adoro plantas e árvores. Deixa o ambiente mais fresco, mais alegre e mais bonito. Fico feliz com o lançamento desse projeto de incentivar o plantio de árvores e colaborar para a preservação do planeta", declarou a moradora.

Participação dos alunos municipais

Cinco alunos do primeiro ano da Escola Municipal Profª Ondina de Oliveira Coelho participaram ativamente do lançamento do projeto: distribuíram os adesivos educativos para as pessoas que circulavam pelo local e plantaram mudas de ipê roxo. A aluna Luiza da Silva Petrocini, de seis anos, adorou participar do plantio da árvore. "Em casa, já tinha plantado o feijão num copo plástico. Cuidei dele com carinho, mas ele morreu. Agora, vou acompanhar de pertinho. Sempre vou passar aqui e vigiar a minha árvore", falou a aluna.

O aluno Rafael da Silva, de seis anos, ficou muito feliz em plantar uma muda de árvore pela primeira vez. "Lá em casa não tem espaço para plantar árvores, por isso vou cuidar dessa daqui como se fosse minha. Vou trazer os meus pais aqui e mostrar a eles que fui eu quem plantei", confessou, com orgulho, o aluno.

Para a diretora da unidade, Ana Carla Jardim, ações ambientais como essa fazem parte do projeto pedagógico da escola. "É importantíssimo trazer o aluno para participar diretamente de um projeto que está alinhado com os ensinamentos de sala de aula e, desde cedo, incentivá-lo, a valorizar o meio ambiente", frisou a diretora.