Alunos de Auxiliar de Pessoal em Maricá recebem certificado

0
534
Alunos receberam certificado de conclusão de curso pelo Pronatec

A noite de quarta-feira (23/07) foi especial para 21 formandos da turma de Auxiliar de Pessoal. Os alunos receberam o certificado de conclusão do curso com a chancela do Programa Nacional de Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), através do SEST\SENAT, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social de Maricá.

A formatura aconteceu no CAIC Elomir Silva, no Marine, onde as aulas foram ministradas, de segunda a sexta-feira, das 18h às 22h,  no período de 40 dias úteis. Os alunos receberam uma Bolsa-Formação, contendo camiseta, material didático, auxílio transporte e alimentação. Presentes à cerimônia, o secretário municipal de Assistência Social, Jorge Castor, a subsecretária Laura Vieira, a coordenadora municipal do Pronatec, Tereza Marques, o técnico em Formação Profissional do SEST\SENAT, Antonio Assaf, instrutores e alunos.

Na ocasião, Antonio Assaf parabenizou os estudantes. Em discurso, disse ser um momento de alegria acompanhar a formação dos presentes. "Vocês estão de parabéns, por terem se inscrito e continuado até o fim. Hoje, os mais qualificados levam vantagem no mercado de trabalho. Basta dizer que o Brasil forma 140 mil engenheiros por ano, mas sua demanda é de 300 mil técnicos, então os estrangeiros vêm e ficam. Com uma formação continuada, as chances de mudar o quadro aumentam".

Mercado de trabalho

Durante a cerimônia, a coordenadora Tereza Marques enfatizou a necessidade de encarar as oportunidades. "A hora é essa e o momento é de vocês", completou. Já a subsecretária Laura Vieira adiantou que conhecimento não ocupa espaço. "Sou professora e sei do que estou falando. O progresso em Maricá está às portas e vocês terão mais oportunidades se continuarem estudando".

O secretário Jorge Castor elogiou o resultado do curso e informou que a Escola Técnica Federal, que será construída até 2016, oferecerá formação técnica a nível médio, para profissões que terão demanda espontânea quando o Porto de Jaconé e outros investimentos forem implantados. "Petróleo e Gás, Indústria Naval (solda e montagem) e muitos outros cursos técnicos serão oferecidos. Para vencer, não existe idade. O trabalho deve contar sempre com o estudo para que o país cresça e avance. Maricá está preparando sua população para esse momento de autonomia e sustentabilidade", frisou.

A aluna Camila da Silva Serpa, de 22 anos, casada, mãe de dois filhos, moradora de São José, disse que pretende exercer a profissão. "Quero estudar Administração de Empresas e trabalhar na área, colocando o que aprendi em prática", comenta. Marcos Vinícius Brum, de 23 anos, morador no Centro, diz que o curso vai ajudar muito. "Terminei o Ensino Médio e vou aplicar as noções de Auxiliar de Pessoal no trabalho. Quero continuar a estudar, possivelmente nesta área", completou.