Segunda dose da vacina contra HPV disponível em 19 unidades de saúde de Maricá

0
393

A segunda fase da campanha de vacinação contra o vírus papilomavírus humano (HPV) começou em Maricá. Nesta etapa, recebem a segunda dose da vacina as meninas de 11 a 13 anos que tomaram a primeira dose na fase inicial da campanha, entre março e abril deste ano. A vacina é usada na prevenção do câncer de colo do útero e está disponível em 19 postos de vacinação (confira abaixo).

Cada menina precisa tomar três doses para completar a proteção, sendo a segunda seis meses depois da primeira e a terceira, cinco anos após a primeira. A coordenadora do Programa de Imunização de Maricá, Núbia Brum, reforça que quem tomou a primeira precisa comparecer a uma unidade de saúde para receber a segunda dose. “É necessário que todos os esforços sejam empreendidos para que altas coberturas vacinais sejam alcançadas, uma vez que a segunda dose da vacina é fundamental para garantir a proteção da menina até o recebimento da terceira dose. Pedimos aos pais que, em caso de dúvida, procurem uma unidade de saúde e peçam esclarecimentos sobre a vacina, que é da rotina do Sistema Único de Saúde (SUS)”, orienta Núbia, que esclarece que a vacinação é uma ferramenta de prevenção primária e não substitui o rastreamento do câncer, visto que  a vacina não confere proteção contra todos os subtipos oncogênicos de HPV e contra outras doenças sexualmente transmissíveis.

A vacina contra o HPV é contraindicada e, portanto, não deve ser administrada nas meninas com hipersensibilidade ao princípio ativo ou a qualquer um dos excipientes da vacina; com história de hipersensibilidade imediata grave a levedura (raro); ou que desenvolveram sintomas indicativos de hipersensibilidade grave após receber uma dose da vacina. Também não é indicada em gestantes. “Se a menina engravidar após o início do esquema vacinal, as doses subsequentes deverão ser adiadas até o período pós-parto”, alerta a coordenadora.

De acordo com a subsecretária de Atenção Básica, Claudia Souza, quem ainda não se vacinou pode participar.  “A menina de 11 a 13 anos que ainda não tomou a primeira dose pode comparecer a uma unidade de saúde com o cartão de vacinação e iniciar o processo. Como faz parte do Calendário Nacional de Vacinação, pode ser iniciado a qualquer momento”, reforça.

Em Maricá, a vacina está disponível, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, nas unidades de saúde de Família do Bairro da Amizade, Bambuí, Barra de Maricá, Espraiado, Guaratiba, Mumbuca, Ubatiba, Retiro, Ponta Grossa, São José I, Inoã I, Chácara de Inoã, Inoã II, Recanto, Jardim Atlântico, além dos postos de saúde Central, São José, Santa Rita e Ponta Negra. Nos dias 03, 09, 10 e 24/09 haverá mobilização nas escolas municipais CEM Joana Benedicta Rangel, Vereador Osdevaldo Marins da Matta, João Monteiro e Lúcio Thomé Guerra Feteira, respectivamente.