Prefeito vistoria obras de macrodrenagem em Itaipuaçu

0
6366
Primeiras peças pré-moldadas, que vão ficar sob o piso da avenida, foram instaladas nessa segunda-feira (06/10)

O prefeito Washington Quaquá vistoriou, nesta segunda-feira (06/10), no Jardim Atlântico, as obras do projeto de macrodrenagem da Avenida Jardel Filho (antiga Avenida Dois). Quaquá acompanhou a instalação das primeiras peças pré-moldadas que vão ficar sob o piso da avenida. Com 4,9 metros de diâmetro, dois metros de altura e 8,5 toneladas de peso, os conjuntos formarão um canal capaz de escoar a água das chuvas em setenta vias no entorno no rio Bambu, que fica a poucos metros do local. O prefeito classificou a intervenção como a maior do gênero já realizada no loteamento Jardim Atlântico – pelas condições geográficas da área, que é de baixio, a água tendia a ficar concentrada, sem escoar. "Vamos acabar com um problema histórico de enchentes aqui nesta região, pois o fluxo de todas as outras ruas será escoado por esta galeria”, reforçou o prefeito, que estava acompanhado também da primeira-dama e deputada estadual eleita, Rosângela Zeidan, e do secretário de Obras de Maricá, Fernando Rodovalho. Quaquá disse ainda que, em seguida, a região vai passar por uma urbanização e terá suas ruas pavimentadas. 

No total, a rede terá cerca de quatro quilômetros de extensão entre a Rua 86 e as imediações da Rua Professor Cardoso de Menezes (antiga Rua Um), beneficiando também as outras  ruas que vão receber redes de drenagem ligadas ao escoamento principal. As obras seguirão até o trecho de subida da Avenida Jardel Filho, já nas proximidades da região do Barroco. O investimento total da obra é de R$ 29,9 milhões, dos quais R$ 20 milhões são a contrapartida da Petrobras pela construção do emissário de efluentes do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) em Itaipuaçu. A ordem de início foi dada em meados de setembro e a previsão é que a intervenção dure aproximadamente doze meses.