Saúde promove mais uma ação contra o câncer de mama

0
370
Atividades em comemoração ao Outubro Rosa ocorreram na Unidade de Saúde da Família São José 1

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Unidade de Saúde da Família São José 1 (USF), realizou nesta segunda-feira (20/10) uma manhã de orientação para prevenção do câncer de mama, alimentação saudável, incentivo à prática de exercícios físicos, planejamento familiar e realização do exame Papanicolau (exame ginecológico para prevenção do câncer de colo de útero). Enquanto as crianças se divertiam no pula-pula, montado no pátio do local, os demais presentes assistiram as palestras e tiravam dúvidas. A equipe de saúde da unidade, que ainda contou com a participação de profissionais convidados, como enfermeiros, fisioterapeutas, médicos e psicólogos, apresentou ainda uma peça teatral.

Vanessa Ruscy, enfermeira do posto, comentou que o evento visava divulgar e incentivar a realização do autoexame de mamas e também o preventivo. Já a médica Mariana Meca convidou todas as mulheres para participarem do dia “D” de coleta do preventivo, que será realizado no próximo sábado (25/10), em todos os postos de saúde do município. Para participar, basta comparecer ao posto de sáude mais próximo de casa e levar o documento de identidade e Cartão do SUS para agendamento.

Quem contou um pouco de sua experiência no evento foi a assistente social do CRAS São José Marine, Andreia Costa. Ela disse que, no período em que foi residente no Instituto Nacional do Câncer, verificou que a maioria das mulheres que enfrentam o câncer de mama relatava não ter realizado exames preventivos. “Eu atendia diariamente muitas mulheres que chegavam com o diagnóstico fechado da doença. Lá, o médico atende a paciente e, em seguida, ela é encaminhada para o setor de assistência social para orientação quanto aos direitos sociais da pessoa com câncer. Na entrevista, eu sempre perguntava como a pessoa descobriu a doença. A maioria me relatava que não fazia os exames preventivos, inclusive o exame da mama”, destacou.

Na ocasião, a subsecretária de Atenção Básica do município, Claudia Souza, ressaltou que a prevenção realmente faz diferença na vida das pessoas. “O câncer de mama é o segundo mais comum na população mundial e é o que mais mata as mulheres brasileiras. É de diagnóstico fácil, quando já está em estágio avançado. Portanto, é imprescindível o diagnóstico precoce através de exames complementares, como a mamografia, que continua sendo um dos melhores exames para a detecção precoce dos tumores que ainda não são palpáveis”, explicou a subsecretaria, reforçando que é importante a mulher fazer o autoexame das mamas todos os meses, após a menstruação, por volta do nono ou décimo dia, quando a mama já está menos densa. “Qualquer anormalidade percebida no aspecto visual na pele, como vascularizações diferentes, retração do mamilo, que fica invertido e antes não era assim, secreções purulentas ou sanguinolentas que saiam da mama e nódulos na palpação da mama, a mulher deve imediatamente procurar o serviço médico para fazer o diagnóstico diferencial e, se detectado um carcinoma de mama em estágio inicial, os índices de cura são altíssimos. A prevenção é o melhor caminho”, alertou.

A população aprovou a iniciativa da equipe.  “Tudo no início tem tratamento. Faço o preventivo e o autoexame sempre”, comenta Virgínia Apolinário, de 64 anos. Para Carmo da Conceição da Cruz, de 81 anos, o trabalho para prevenir é uma graça oferecida à população.