Saúde e Educação promovem ação social em escola de Itaipuaçu

0
580
Secretarias municipais de Saúde e de Educação realizaram diferentes atividades na Escola Municipal São Bento da Lagoa

As secretarias municipais de Saúde e de Educação realizaram na última sexta-feira (07/11) uma ação social na Escola Municipal São Bento da Lagoa, situada no distrito de Itaipuaçu. O objetivo do evento foi beneficiar alunos, familiares e toda a comunidade com diferentes atividades, como vacinação e atualização da caderneta de imunização das crianças.

A equipe do programa de Assistência à Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus (Hiperdia) verificou ainda a pressão arterial e avaliou a glicemia capilar, enquanto o grupo do DST/AIDS/Hepatites virais fez o teste de HIV nos adultos, distribuiu preservativos e material informativo.  A área técnica de Alimentação e Nutrição pesou, mediu e fez todo o acompanhamento em saúde para as pessoas cadastradas no programa Bolsa família. Os programas Hanseníase e o de combate à Tuberculose também orientaram sobre os cuidados e tratamento das doenças. O planejamento familiar, que é vinculado ao programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher, Criança e Adolescente (PAISMCA), cadastrou e orientou sobre doenças sexualmente transmissíveis e métodos contraceptivos oferecidos, como laqueadura de trompas, vasectomia e dispositivo intrauterino (D.I.U.). Além disso, funcionários e amigos do bairro realizaram serviços gratuitos de corte de cabelo e manicure.

Segundo a superintendente de Educação Infantil de Maricá, Sônia Freire, a iniciativa surgiu da necessidade observada. “Quando eu era diretora e vinha para cá, via muita carência e dificuldade aqui na comunidade. Então foi o momento que resolvi pedir ajuda”, contou. Para a diretora geral da escola, Rosana Luís de Azevedo Nogueira, a ação social foi de imensa importância. “Temos crianças e famílias muito carentes. Elas precisam de ajuda, pois têm muita dificuldade de sair daqui para ir ao posto de saúde. Trazer essas coisas para cá é o diferencial”, ressaltou.

Ao chegar à escola, o público verificava a pressão arterial e recebia materiais informativos ou orientação sobre os temas abordados. A moradora Ester da Silva participou de todas as atividades e pediu para que outras ações sejam feitas.  “Agora que fiz o teste de glicose, vou para o planejamento familiar. Gostei muito”, elogiou. Para a subsecretária de Atenção Básica, Claudia Souza, as ações conjuntas entre saúde e educação têm sido frequentes nesta gestão. “Estamos atendendo ao que foi solicitado, aproveitando para nos integrar na comunidade e prestar esclarecimento sobre os programas que existem na Secretaria de Saúde”, comentou.

Ao final da ação, os funcionários da escola prepararam um almoço para as equipes da Saúde. A Secretária da pasta, Fernanda Spitz, agradeceu aos funcionários da escola e comunidade.  “Nossa intenção é prevenir e promover a saúde. Queremos o Sistema Único de Saúde (SUS) universal, equânime e integral”, destacou a secretária.