Vazamento leva Prefeitura a interditar parte da praia em Ponta Negra

0
2009
Traineira emborcou próximo ao canal de acesso à lagoa. Equipes da Defesa Civil interditou, por tempo indeterminado, um trecho da praia de Ponta Negra

A Subsecretaria Municipal de Defesa Civil interditou, na manhã desta quinta-feira (22/01), por tempo indeterminado, um trecho de um quilômetro de praia na área de Ponta Negra em direção à Barra de Maricá.  O motivo foi o vazamento de parte do óleo diesel que se encontra ainda nos tanques da traineira “Sinal da Cruz”, que emborcou na madrugada de segunda-feira (19/01) próximo ao canal de acesso à lagoa.

A ação das ondas e a dificuldade na operação de retirada da embarcação de 50 toneladas permitiu que uma área considerável da praia fosse atingida.  A Prefeitura orientou a instalação de barreiras de contenção no canal de acesso à lagoa de Ponta Negra e apenas acompanha as tentativas de rebocar o casco, que estão sendo conduzidas pela Capitania dos Portos e por técnicos do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). A interdição será por prazo indeterminado por razões de segurança.