Secretaria de Cultura leva música e exposição da história de Maricá ao Minha Casa Minha Vida de Itaipuaçu

0
532
Exposições sobre Maricá, de 1755 a 2014, contam com banners, mapas e textos de fatos, fotos históricas e curiosidades

Ao longo desta semana, a Secretaria Municipal Adjunta de Cultura leva música e exposição sobre a história de Maricá ao Condomínio Carlos Marighella, em Itaipuaçu. Os moradores cadastrados pela Prefeitura no programa federal “Minha Casa, Minha Vida”, além de escolherem os futuros apartamentos, têm a oportunidade de conhecerem fatos históricos e curiosidades sobre o município, através das mostras “Das Simbólicas Sesmarias aos atuais Distritos de Maricá”, e “Maricá 200 anos de Emancipação Política”, ambas sob a curadoria da historiada Maria Penha de Andrade Silva e da arquiteta urbanista Renata Aymoré Araújo Gama. Durante o evento, a Banda Amigos da Cultura anima o público com sucessos nacionais e internacionais de diversos estilos musicais.

Nos banners, instalados ao longo das tendas, estão retratados fatos e fotos históricas, mapas e textos, que permitem viajar no tempo e conhecer alguns dos momentos mais marcantes da história do município, de 1755 a 2014.

Um dos objetivos da secretaria é levar à população o conhecimento da formação administrativa do município. "Muitos desconhecem a história de Maricá, suas curiosidades e infinitas belezas. E é isso que estamos resgatando, a identidade do povo maricaense”, frisou Renata Gama, que, para compor as exposições, consultou acervos do Mosteiro de São Bento, Arquivo Nacional, Biblioteca Nacional, Biblioteca da Ajuda (Lisboa) e da arqueóloga Nanci Vieira de Oliveira.