Programa de Qualificação Profissional de Maricá abre novo núcleo em Itaipuaçu

0
1244

A Secretaria Municipal Adjunta de Trabalho de Maricá inaugurou, na noite da última sexta-feira (6/2), a segunda unidade do Programa de Qualificação Profissional, cujo slogan é “Formando a Nova Maricá”. O novo espaço fica no Barroco, em Itaipuaçu, dispõe de seis salas de aula e vai oferecer cursos de eletricista, desenhista de construção civil, logística, administração e operador de computador, que vão durar de três a quatro meses. As aulas começam a ser ministradas no dia 23 nos períodos da tarde e da noite. O programa é uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

Durante a solenidade, alguns dos 458 alunos inscritos formaram a plateia do novo núcleo, que teve o projeto elaborado por alunos do curso de Edificações do Colégio Joana Benedicta Rangel. Além deles, diversas autoridades municipais participaram do ato. A mesa diretora foi composta pelo secretário executivo de Políticas Sociais, Alexandre Rodrigues; a coordenadora do programa de qualificação, Fátima Coelho; o coordenador técnico do SENAI, Marcos Rangel, além da deputada estadual e primeira dama do município, Rosângela Zeidan; do deputado federal Fabiano Horta; e Lurian Silva, filha do ex-presidente Lula.

A cerimônia foi conduzida pela secretária adjunta de Trabalho, Margareth Figueira, que fez questão de exaltar o trabalho da equipe do órgão na implantação do programa. “Foi um trabalho de formiguinha mesmo que conseguimos implantar aos poucos e já estamos preparando o terceiro núcleo, que vai ser aberto em Inoã até o mês que vem e já tem inscrições em andamento”, adiantou, antecipando ainda que os cursos do próximo espaço a ser aberto, que já conta com 621 inscrições, serão de soldador, costureiro de vestuário, auxiliar de padaria e operador de computador. O primeiro foi aberto no Flamengo, em outubro, e conta com 761 alunos.

Margareth Figueira apontou a coordenadora Fátima Coelho como a grande responsável pelo sucesso do programa, que exaltou a receptividade da população aos cursos. “No geral, a comunidade foi muito acolhedora, especialmente aqui em Itaipuaçu, onde havia uma queixa de que projetos assim não chegavam aos moradores. Esta é uma conquista gigantesca para Maricá”, pontuou.

Em seu discurso, Fabiano Horta chamou a atenção dos alunos para a grande oportunidade que a Prefeitura oferece. “Maricá é uma cidade que está mudando seu perfil social e econômico, um processo que ocorre com muita rapidez. Nunca houve na cidade uma preocupação com a qualificação como a que este governo demonstra, e vocês estão tendo esta chance, sendo parte desse novo momento”, ressaltou o deputado federal.

Endossando as palavras de Horta, a deputada estadual Rosângela Zeidan afirmou ter certeza de que os alunos do programa terão seus empregos garantidos ao final dos cursos e também falou da vantagem que eles levam sobre outros estudantes. “Um curso desses, que tem um custo alto lá fora, vai ser de graça para todos. Temos ainda nosso instituto federal para mais de 3 mil estudantes e Maricá vai investir mais ainda em qualificação. Acreditem na cidade, tenham orgulho de serem maricaenses”, frisou Zeidan.