Assistência Social atualiza cadastro de índios de Itaipuaçu no Bolsa Família

0
605

A Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social de Maricá realizou nesta quarta-feira (25/2) uma ação de atualização de cadastro do programa federal Bolsa Família junto aos índios Araowy da aldeia Sítio do Céu, que fica no loteamento Morada das Águias, em Itaipuaçu. A equipe da Prefeitura ainda ofereceu serviços como pesagem, corte de cabelo e manicure.

Segundo a subsecretária Laura Vieira da Costa, o órgão visita as aldeias da cidade e presta a assistência necessária aos índios frequentemente. “Conseguimos resolver as pendências que haviam sido apontadas anteriormente e estamos acompanhando de perto seus cadastros. Além disso, damos assistência às gestantes que vivem aqui com acompanhamento médico e social. Hoje, temos um bebê recém-nascido que já está sendo incluído no Bolsa Família. É uma atualização frequente que realizamos, até porque se trata de um povo nômade, com índios que vêm de Santa Catarina e do Espírito Santo”, lembrou ela. 

A gestora do programa em Maricá, Gláucia Costa Oliveira, informou que todos os moradores estão em situação regular e recebem acompanhamento também do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) de Itaipuaçu. Um dos membros da aldeia, Vanderlei da Silva, confirmou que os grupos de agentes do governo municipal fazem visitas frequentes ao local, procurando atender as demandas. “Eles sempre vem aqui para saber do que estamos precisando. Sabemos que tem muita coisa que a gente precisa e o governo sempre procura nos ajudar”, garantiu ele, que é formado em Educação Indígena pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e atualmente estuda Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Além do Bolsa Família, os 26 índios da aldeia de Itaipuaçu são beneficiados pelo programa municipal Moeda Social Mumbuca, que atualmente contempla 14 mil famílias maricaenses.