Prefeitura apresenta projeto de videomonitoramento de Maricá

0
929
De acordo com o projeto de videomonitoramento, ao todo serão instaladas 20 câmeras de segurança em 10 bairros

A Prefeitura de Maricá apresentou nesta quarta-feira (01/04) o projeto de videomonitoramento do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), em construção na Rua Barão de Inoã, no Centro. Ao todo, serão instaladas 20 câmeras de segurança no Centro, Mumbuca, Araçatiba, Boqueirão, Flamengo, Cordeirinho, Barra de Maricá, São José do Imbassaí, Inoã e Itaipuaçu. Esta foi a primeira reunião integrada com as secretarias municipais adjuntas de Segurança Pública e de Obras, Guarda Municipal, Defesa Civil, Conselho Comunitário de Segurança e polícias Civil e Militar.

Todas as câmeras captam imagens em 360º com até 300 metros de nitidez. Os equipamentos transmitirão as imagens das ruas via rádio e fibra óptica para a torre central no GGIM. No local, serão instalados computadores e televisores com as imagens captadas. O novo prédio terá três andares e abrigará a comissão que cuidará da segurança nas vias públicas de Maricá, formada por representantes da Prefeitura e polícias Civil e Militar. Segundo a Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Pública, os postes, com braços de dois metros para ampliar o campo de visualização, começarão a ser instalados na próxima segunda-feira (06/04).

O secretário municipal adjunto de Segurança Pública, Fabrício Bittencourt, informou que os guardas municipais serão treinados para operarem as câmeras de monitoramento. “Estamos cobrindo pontos estratégicos do município e locais com grande concentração de pessoas. Com auxilio da Polícia Militar e Civil, vamos melhorar a segurança de Maricá”, declarou o secretário.

O projeto, orçado em R$ 1,5 milhão, conta com recurso municipal, destinado à construção do prédio, e repasse de R$ 830 mil do governo federal, através do convênio do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci), que será destinado à compra de equipamentos e à instalação de câmeras.

Além do secretário municipal adjunto de Segurança Pública, também participaram da reunião o secretário municipal adjunto de Obras, Marcos Câmara; o subsecretário municipal adjunto de Defesa Civil, Ricardo Nunes; o subsecretário municipal adjunto de Segurança Pública, Alberto Santos; o engenheiro Felipe Merkel, da empresa contratada pela Prefeitura e que apresentou o projeto de videomonitoramento; o delegado da 82ª DP (Maricá), Júlio Cesar Mulatinho; a presidente do Conselho Comunitário de Segurança, Ana Maria Quintanilha; e os representantes da Polícia Militar, capitão Carlos Henrique Eletherio e o major Carlos Silveira.

As câmeras de videomonitoramento serão instaladas nos seguintes locais:

– Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel (Centro);
– Rua Barão de Inoã (próximo ao cartório, Centro);
– Paço Municipal (Rua Álvares de Castro, Centro);
– Orla de Araçatiba;
– Rodoviária do Povo de Maricá (Centro);
– Praça Conselheiro Macedo Soares (Centro);
– Ponte da Mumbuca;
– Hospital Municipal Conde Modesto Leal (Centro);
– Praça da Bandeira (Centro);
– Rua Ribeiro de Almeida (rua dos bancos – Centro);
– Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU – Mumbuca);
– RJ-106, entrada do Flamengo;
– Praça de Ponta Negra;
– Rua 90 com Avenida Maysa (Cordeirinho);
– Barra de Maricá (próximo ao DPO);
– Praça de São José do Imbassaí;
– Centro de Inoã;
– Parque Estadual da Serra da Tiririca (Itaipuaçu);
– Praça da Divineia;
– Ponte do Boqueirão (próximo ao Restaurante Garota de Maricá).