​Segurança de Maricá dá mais um passo para implantação do Proeis

0
1417

A Secretaria Municipal Adjunta de Segurança realizou, nessa terça-feira (16/06), uma reunião preparatória com coordenadores do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) em Maricá. O objetivo do encontro, mais uma etapa na implantação do projeto, foi o de definir custos, o efetivo e estabelecer outros detalhes da parceria entre o estado e município, cujo objetivo é coibir a criminalidade em Maricá. 

O programa permite que policiais trabalhem voluntariamente, fardados e armados em horário de folga recebendo gratificação. Os policiais atuarão em variadas funções, como combate ao comércio irregular, apoio à Guarda Civil, coibição de transportes clandestinos e no combate à violência. Maricá contará com o efetivo de 30 policiais por dia. O projeto foi orçado em R$ 200 mil e será enviado para aprovação do Prefeito de Maricá, Washington Quaquá, junto com um projeto operacional desenvolvido pelo delegado da 82ª Delagacia de Polícia (Maricá), Julio Cesar Mulatinho, e o pelo comandante da 4ª Cia, capitão Struchel. 

O secretário municipal adjunto de Segurança Pública, Fabrício Bittencourt, destacou a importância da chegada do Proeis em Maricá. “Ainda não temos um batalhão só nosso e a chegada desses policiais será fundamental no combate à criminalidade. Maricá está dando um importante passo para o reforço da segurança à população. A chegada do Proeis e a implantação das câmeras de segurança são importantes aliados para a segurança na cidade”, disse. Para o gestor do Proeis, tenente coronel Camargo, o programa tem causado impacto positivo em diversos municípios do Rio de Janeiro. “Maricá irá receber um importante aliado no combate aos índices criminais”, ressaltou.