Secretaria de Meio Ambiente firma parceria para o Maricá + Verde

0
649

O programa Maricá + Verde, responsável pelo plantio de mudas de árvores nativas da Mata Atlântica em toda a cidade, vai ganhar um reforço a partir de setembro. Uma parceira firmada entre a Secretaria Municipal Adjunta de Meio Ambiente e a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) vai trazer para Maricá outro programa socioambiental de reflorestamento, intitulado “Replantando Vidas”, cuja mão-de-obra é de responsabilidade dos internos do sistema penitenciário.

De acordo com o secretário municipal adjunto, Guilherme Mota, a meta da parceria é triplicar até o final do ano o número de mudas plantadas em Maricá, que atualmente tem 6.538 unidades. “Nosso foco será nas margens do rio Ubatiba, na altura do Silvado, onde existe a captação da água que abastece a cidade e também há uma carência dessas espécies em suas margens, o que é importante para a manter aquele manancial”, avaliou.

Na reunião realizada nesta quinta-feira (18/6) na sede do órgão municipal, estiveram presentes o coordenador de Projetos Ambientais da Cedae, César Seleri; o engenheiro florestal Elton Abel; e o responsável pelo viveiro de mudas da companhia em Campo Grande (zona oeste do Rio), Kleber Maurício. Segundo César, o programa foi criado em 2001, mas ganhou novo fôlego em 2007, quando começou a participação dos apenados.

“As mudas que Maricá vai receber estão vindo de nosso viveiro que fica em Magé, cuja produção anual chega a 1,3 milhão de mudas. Escolhemos o mês de setembro para começar em razão do início da primavera, quando também tem início a estação das chuvas”, explicou o engenheiro Elton.