“A Igualdade é Branca” na tela do Cineclube Henfil

0
354
No filme, logo após o casamento, o cabeleireiro polonês começa a ser destratado pela esposa francesa

“A Igualdade é Branca”, do diretor polonês Krzysztof Kieslowski, será o próximo longa a ser exibido pelo Cineclube Henfil, projeto desenvolvido pela Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia. A sessão que acontece na próxima quarta-feira (15/07) é gratuita e começa às 19h, na Casa Digital, localizada na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro.

O filme, que é o segundo da Trilogia das Cores (série de filmes inspirada nas cores e significados da bandeira francesa, associando-os aos três pilares da Revolução Francesa), é o único tratado de forma humorística. O filme apresenta um olhar irônico sobre como o vazio da vida pode ser profundamente afetado pelo amor.

“A Igualdade é Branca” conta a história de um cabeleireiro polonês que se casa com uma francesa. Logo após o casamento, ela passa a tratá-lo com crueldade ao descobrir que ele é impotente e pede o divórcio, já que o casamento não foi consumado. O que acontece com ele não é só pelo extremo azar do personagem, mas também pela maldade gratuita da maioria das pessoas que passam por seu caminho.