Evento de Saúde movimenta o Jardim Atlântico

0
335

A Secretaria Municipal Adjunta de Saúde realizou nesta terça-feira (28/07), a ação “Férias na escola? De olho na saúde”. O evento foi organizado pelas equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) de Jardim Atlântico 1 e 2  e aconteceu na associação de moradores que fica em frente à unidade de saúde. Com início às 13h30, as crianças da comunidade e as crianças indígenas da aldeia de Itaipuaçu assistiram a uma sessão de cinema e enquanto isso, os pais receberam orientação nutricional.

Bruna Albuquerque Campos é coordenadora da ESF Jardim Atlântico 2 e relata que faz atividades para as crianças no Natal, mas pensou em promover a saúde durante as férias escolares como forma de orientar as crianças e os pais. Coordenadora da ESF Jardim atlântico 1, Anna Cláudia de Almeida Medeiros disse que o evento foi pensado para aproximar a comunidade do posto e para conquistar a confiança das crianças. “Orientação nutricional é tudo. As crianças ainda se alimentam mal. Orientando as mães conseguimos melhorar a alimentação e a saúde das crianças. Além disso, nosso desejo foi o de mostrar que posto é lugar de injeção e de diversão também”, completou Bruna.

Enquanto as crianças assistiam ao filme "Meu Malvado Favorito" e se deliciavam com pipoca, os pais eram orientados através de palestra sobre o aproveitamento integral dos alimentos. Entre os ensinamentos transmitidos pela nutricionista Elisa Simas, um dos que mais despertaram a atenção da população foi como aproveitar cascas e sementes e sobre temperos saudáveis. “Devemos prestar atenção e pedir para as pessoas não utilizarem temperos artificiais, vendidos em caixinhas. Precisamos usar os temperos naturais como alfavaca, salsa, cebolinha, noz moscada e outros”, ensinou a nutricionista. As pessoas participaram ativamente ao tirarem dúvidas sobre alimentação saudável, obesidade, importância do cálcio, sucos e estratégias para despertar nas crianças a vontade de comer legumes e frutas.

Quem fez perguntas enquanto os netos assistiam ao filme foi a funcionária pública Lenir Palheiro, de 64 anos. “Sempre temos palestras no posto. Agora é a primeira vez que temos um evento que abrange crianças e adultos ao mesmo tempo. Gostei muito. Espero que tenha mais”. Para a manicure Keli Campos Ferreira, de 34 anos, a maior satisfação foi levar o filho Leonardo para participar. “Achei ótima a iniciativa. Aproveitar as férias e dessa forma oferecer distração para as crianças”, disse.  Coordenadora do Programa Municipal de Saúde Indígena de Maricá, Rosane Oliveira das Neves levou as crianças indígenas da aldeia de Itaipuaçu para participar. “Dessa forma, damos oportunidade às crianças e aos adolescentes indígenas para conhecerem outras culturas e pessoas”, disse. “Férias na escola? De olho na saúde é um projeto onde as crianças tiveram a oportunidade de participar de atividades lúdicas e assim, aproveitarmos para promover a saúde”, disse a Secretária Municipal Adjunta de Saúde, Fernanda Spitz.