Ouvidoria Municipal também na rodoviária de Itaipuaçu

0
1814
Ouvidoria Municipal é mais um serviço disponível para os moradores de Itaipuaçu e região

Quatro dias depois da abertura das atividades da Secretaria Municipal Adjunta de Urbanismo, a Central de Atendimento de Itaipuaçu passou a oferecer mais um serviço à população da região. Foi inaugurado nesta segunda-feira (10/8) o posto avançado da Ouvidoria Municipal dentro do espaço, que funciona no terminal rodoviário do bairro (Rua Professor Cardoso de Menezes, s/nº – antiga Rua 1). A cerimônia teve a presença da deputada estadual e primeira dama de Maricá, Rosângela Zeidan.

Com a abertura, quem vive na região de Itaipuaçu poderá registrar suas demandas e reclamações sobre serviços públicos municipais sem ter de se deslocar até o centro da cidade, e ainda terá à disposição outros canais de comunicação com o setor, através do e-mail ouvidoriaitaipuacu@marica.rj.gov.br ou pelo telefone 2638-4982. De acordo com coordenador o posto, Moisés Perini, o cidadão poderá acompanhar pela internet o andamento de sua demanda, através de um número de processo. “Nossa expectativa é realizar até 200 atendimentos por mês, sabemos que a procura na região será grande”, projeta Moisés, que já realizou o primeiro atendimento logo após a inauguração.

A funcionária pública aposentada Ana Maria da Silva, de 56 anos, tinha ido à Central de Atendimento apenas buscar o telefone da Ouvidoria e, na chegada, descobriu que o serviço estaria disponível no local dali a alguns minutos, e acabou participando da inauguração. “Vim aqui porque queria ligar para lá e pedir uma máquina para melhorar o piso da minha rua. Foi muito bom saber que agora tem ouvidoria, bem pertinho da minha casa”, celebrou ela, que mora na Rua 37, próximo à orla.

Para um dos coordenadores da Central, Alessandro Leite, esse é o principal benefício de mais esse serviço. “Agora quem mora aqui será poupado do esforço com o deslocamento até o Centro, o que já é um ganho significativo”, ressaltou ele, antecipando que outros serviços deverão chegar ao local até o fim de agosto, como o Procon municipal e a Secretaria Adjunta de Economia Solidária, cujo foco será oferecer linhas de crédito para pequenos empreendedores. As datas de instalação de cada um deles serão definidas em reuniões nos próximos dias. Para a primeira-dama e deputada Rosângela Zeidan, o espaço assume uma importância cada vez maior para os moradores da região, principalmente com a chegada dos beneficiados pelo programa ‘Minha Casa, Minha Vida’. “Serão quase 1.500 famílias a mais vivendo por aqui, que vão precisar direcionar suas demandas ao governo, sem falar nos projetos que Itaipuaçu ainda irá receber e que vão gerar mais serviços públicos. Esta central é quase a prefeitura avançada aqui dentro”, avaliou a primeira dama.