Projeto social usa mountain bike em escola municipal do Caju

0
555
Crianças da EM João Luiz Caetano, no Caju, disputaram uma prova no lançamento do projeto Brabinhos Bike

A Escola Municipal João Luiz Caetano, no bairro do Caju, recebeu neste sábado (08/08) o lançamento da Escolinha Brabinhos Bike, projeto social que atenderá diversas crianças da localidade. Com o apoio da Prefeitura, através das secretarias adjuntas de Esportes, Turismo e Educação, e da Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecierj), a festa de lançamento contou com o Circuito Brabus Racing Maricá, uma competição de mountain bike com percurso total de 30 km, considerado de nível intermediário. Antes da prova para os atletas de alto rendimento, as crianças percorreram o circuito montado dentro da escola.

Para a diretora da unidade, Suellen Figueiredo, a escolinha é um projeto que vai dar mais uma possibilidade para as crianças. “É importante principalmente por ser aqui no Caju, uma zona rural onde as crianças não têm muitas possibilidades", afirmou. "Abraçamos a ideia logo que surgiu. É um trabalho maravilhoso”, completou. Luiz Claudio Vargas, o Dentinho é campeão carioca, interestadual e brasileiro de mountain bike. Ele, que desde 1986 pratica o esporte, não poupou elogios ao projeto e à iniciativa da prefeitura. “Acho louvável o trabalho que está sendo feito aqui, trazendo a criançada para conhecer a bicicleta, porque precisamos de uma renovação no esporte. Foi uma sacada legal”, comentou.

A Fecierj vai doar 10 bicicletas e equipamentos para o início das aulas, que começam ainda este mês. O presidente da Brabus Race, Luiz Cláudio Ferreira, prevê bons resultados a partir deste projeto. Para ele, em pouco tempo bons atletas sairão do Brabinhos Bike. “A gente visa, em um futuro próximo, introduzir atletas no campeonato estadual e nas etapas do X-terra brasileiro. A expectativa é levar no próximo ano 20 crianças a participar dos campeonatos estadual e nacional”, pontuou.

A primeira competição começou às 10h com os alunos divididos em três categorias por faixa etária. Em seguida, diretores, professores e funcionárias da escola participaram e ao final da prova, todos ganharam medalhas de participação. Depois da brincadeira, a competição ficou séria e os ciclistas pedalaram contra o tempo para ocupar o lugar mais alto do pódio nas categorias Sub35, Master e Feminino. Uma mesa de frutas, água e suco estava à disposição de todos para hidratação.

Para o presidente da Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecierj), Claudio Santos, o dia foi muito produtivo e o esporte tem muito a ganhar. “A renovação no esporte é muito importante, e o trabalho que está sendo iniciado aqui é importante não só para o ciclismo, mas para as crianças da localidade”, finalizou.