Mesmo superando a meta, Maricá prorroga campanha de vacinação até 04/09

0
345
Meta é imunizar 100% do público alvo contra polio, ou seja, 7.132 crianças de seis meses a menores de cinco anos

A Secretaria Municipal Adjunta de Saúde prorrogou até sexta-feira, (04/09), a campanha de vacinação do Ministério da Saúde contra a Poliomielite. Maricá superou a meta estabelecida e vacinou 7020 crianças, ou seja, 98,42 % do público alvo. O objetivo agora é alcançar quem ainda não foi imunizado. O público alvo para a vacinação contra a poliomielite são as crianças de seis meses a menores de cinco anos. Espera-se imunizar 7132 crianças no município. Já para a Campanha de Multivacinação, o público alvo são crianças menores de cinco anos de idade. “As crianças de seis meses a menores de cinco anos receberão na boca duas gotinhas contra a Poliomielite. Esta vacina não é indicada para aqueles que tiveram reação anafilática a doses anteriores e em crianças que façam uso de corticosteroides em dose imunossupressora”, destaca a coordenadora do Programa de Imunização de Maricá, Núbia Brum. Segundo ela, para que a criança participe é necessário apresentar o cartão de vacina. A vacinação é um evento para toda a família. Quem quiser participar deve apresentar documento de identidade e cartão de vacina. Durante a campanha haverá acompanhamento do Bolsa Família em todas as unidades de saúde.

 
“Apesar de Maricá ter superado a meta estipulada pelo Estado, que era de 95% e alcançado assim mais de 98% do público alvo, queremos alcançar 100%. Dessa forma damos mais uma oportunidade para que as famílias levem seus filhos para a vacinação nos postos de saúde”, disse a secretária municipal adjunta de Saúde, Fernanda Spitz.
 
Até o dia 4 de setembro várias vacinas estão disponíveis: Hepatite B, Pentavalente, Rotavírus, Pneumo 10, Meningo C, Pólio Intramuscular, Pólio oral, Tríplice viral, Tríplice bacteriana (DTP), Hepatite A, Tetraviral e Influenza. “Atenderemos também as meninas de 9 a 13 anos para a primeira e a segunda dose contra o HPV e também as vacinas dupla Adulto, DTPA (gestantes) e Influenza, conforme avaliação do cartão vacinal”, afirmou Núbia. A vacinação acontece nas seguintes unidades de saúde: Central, Inoã, Ponta Negra, São José, Itaipuaçu, Santa Rita. Também haverá vacinação nas Unidades de Saúde da Família: Bambuí, Barra, Espraiado, Ubatiba, Guaratiba, Mumbuca, Bairro da Amizade, Retiro, Ponta Grossa, São José I, São José II, Inoã II, Inoã I, Chácara de Inoã, Santa Paula, Jardim Atlântico e Recanto.
 
Durante a campanha, também acontece avaliação da situação vacinal do grupo alvo, para que de forma seletiva proceda-se a atualização da caderneta de vacinação, de acordo com os esquemas preconizados pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). São ofertadas todas as vacinas do calendário básico de vacinação da criança e dessa forma espera-se reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal. Núbia chama a atenção para o fato de quem nem todas as vacinas serão realizadas. “A BCG não estará disponível, pois ela é realizada no posto central às segundas, quartas e quintas-feiras, das 8 às 11 horas. A vacina contra a febre amarela também não, pois está disponível no posto central às terças-feiras, das 13 às 16 horas e somente para viajantes que irão para áreas endêmicas”, destaca a coordenadora.