Serra do Camburi é a trilha deste domingo no Circuito Ecológico

0
440
A caminhada é tranquila, porém longa. São seis horas ao todo

A próxima edição do Circuito Ecológico Caminhos de Maricá, neste domingo (13/09), será na Serra do Camburi. O projeto, desenvolvido pela Secretaria Municipal Adjunta de Turismo, leva moradores e turistas para conhecerem gratuitamente diversos cartões postais da cidade. Desta vez o destino será a serra, mas especificamente até a rampa de saltos para parapente. Mas para chegar até lá, os aventureiros terão um longo caminho a percorrer. A trilha, de nível médio, tem duração total aproximada de seis horas, levando em consideração a subida, o almoço, descanso e a descida. 

Quem quiser participar do percurso deve levar, além do espírito aventureiro, dois litros de água, lanche, protetor solar e calçado apropriado. O ponto de encontro será em frente à padaria Lady Day (antiga padaria Ponto 15), em Inoã, no km 15 da Rodovia Amaral Peixoto, às 7h20m. De lá, os participantes seguem no ônibus para Cassorotiba até o ponto base e a partir daí, começam a subida.

Moradora em Itaipuaçu, Carolina Serrão é dentista e trabalha em três cidades: Niterói, Caxias e Angra dos Reis. Com uma semana estressante, conta que as caminhadas são uma válvula de escape para a tensão do dia a dia. “Essas trilhas funcionam como uma verdadeira higiene mental pra mim. É onde recarrego minhas baterias para a minha semana, que é puxada. Por isso gosto tanto”, afirma.

Além das belas paisagens comuns durante o trajeto, outros atrativos da trilha são a comida feita em fogão a lenha na pensão no alto da Serra do Camburi, e a prática de parapente, realizada no local. Para Carolina, a trilha deste domingo é uma das mais interessantes realizadas no município. “É uma caminhada com bastante contato com a natureza. Nesta época do ano ainda será possível ver alguns ipês floridos embelezando o percurso. Quando chegamos no parapente, nos deparamos com a paisagem linda de Maricá. Temos uma ampla visão da integração da cidade com a lagoa, o mar, as montanhas”, comentou.

O projeto é realizado desde setembro de 2013 em trilhas ecológicas e reúne, em média, 30 pessoas semanalmente a partir de 7 anos de idade. A secretaria já promoveu mais de 100 passeios em 16 circuitos ecológicos da cidade – Serra do Caju (Centro); Caminhos de Darwin e Pedra de Itaocaia (Itaipuaçu); travessia Silvado/Espraiado; Pedra do Silvado; travessia Espraiado/Tomascar; Vale de São Francisco, Cascata da Lagoinha e Rio Caranguejo (Espraiado); Ponta do Fundão (Barra de Maricá); Praia da Sacristia (Jaconé); Farol de Ponta Negra e travessia Sacristia/Farol (Ponta Negra); Serra do Camburi e travessia Cassorotiba/Camburi (Retiro); além da Restinga e aldeia indígena Mata Verde Bonita (São José do Imbassaí). As vagas para participar são limitadas e as inscrições podem ser feitas pessoalmente na Secretaria Municipal Adjunta de Turismo, na Praça Conselheiro Macedo Soares, s/nº, ou pelo telefone 3731-5094.