Pedala Maricá reúne dezenas de moradores em Itaipuaçu

0
394

O passeio ciclístico que aconteceu no último sábado (24/10), em Itaipuaçu, reuniu a turma do pedal de diversos níveis, religiões e idades. A iniciativa foi uma parceria entre as secretarias municipais adjuntas de Assuntos Religiosos e de Turismo, que organiza o evento. O ponto de encontro foi o Centro Evangelístico Ministério IDE, próximo a Rua Professor Cardoso de Menezes. O subsecretário de Assuntos Religiosos, Pastor Edvaldo Baldow, afirmou que a participação no Pedala Maricá surgiu da Marcha Para Jesus, no dia 19 de setembro. “A marcha reuniu milhares de pessoas, agora queremos estimular o hábito do ciclismo no meio evangélico, é um ato saudável”, analisou.

Pela primeira vez participando, Alessandra Silva, 33 anos, aprovou a iniciativa. “Moro aqui no (condomínio) Carlos Marighella e quando soube achei muito legal. Vou participar outras vezes. é muito bom para a saúde”, comentou. Também participando pela primeira vez Simone de Azevedo, 44 anos, acrescentou que mesmo não tendo bicicleta arrumou uma emprestada para participar. “Acho importante a participação neste projeto”, ressaltou.

Antes de saírem para pedalar, os participantes tomaram um café reforçado. Pastor do Centro Evangelístico, Marcílio Costa comentou que a edição do Pedala Maricá quer ainda estimular a comunhão entre as famílias. “Queremos ajudar a promover a qualidade de vida e fazer com que as pessoas possam se conhecer e criar novas relações, envolver a comunidade”, analisou. Também morador de Itaipuaçu, o supervisor de produção Paulo Sérgio Pereira da Silva, 47 anos, já tem o hábito de pedalar e com frequência vai trabalhar de bicicleta. “Participo de outros passeios ciclísticos e pelo menos duas vezes por mês vou pedalando até São Gonçalo”, afirmou.

“Foi uma grande parceria com a secretaria de Assuntos Religiosos", avaliou o secretário de Turismo, Amaury Vicente. "Queremos estimular a pratica do uso da bicicleta, ampliando cada vez mais o projeto”, comentou. Por volta das 10h, dezenas de ciclistas, com apoio da Guarda Municipal, percorreram toda a Rua Professor Cardoso de Menezes e pela orla seguiram até a Pedra do Elefante, um dos cartões postais da cidade. Durante todo o percurso os participantes receberam frutas e água para hidratação. No intervalo fizeram uma oração pedindo pela família de cada participante. Depois retornaram ao ponto de partida.