CREAS Itinerante inicia ações em bairros afastados de Maricá

0
342

A equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Maricá iniciou uma série de ações para levar os serviços oferecidos pelo órgão a áreas distantes da cidade, através da divulgação. O CREAS Itinerante realizou a primeira ação na Escola Municipal Dilza da Silva Sá Rego, que fica às margens da rodovia RJ-118, em Jaconé, além de abordagens nas ruas para verificar se há casos de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

A orientadora educacional e pedagógica da escola, Jacira de Azevedo Mendes, aprovou a iniciativa da Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social. “É bom saber que podemos contar com mais esse alento para oferecer à população daqui, que conta muito com o apoio da escola”, avaliou Jacira. Segundo a psicóloga e coordenadora adjunta do CREAS, Natália Castro, a ideia é realmente oferecer as ações do órgão a lugares mais afastados e dar a oportunidade de um atendimento adequado. “Em locais assim podem ocorrer casos que poderiam não chegar ao nosso conhecimento porque ficam muito longe do Centro, onde fica nossa sede. O contato com as escolas e a abordagem na rua pode nos trazer essas vítimas”, frisou. A próxima ação está prevista para a primeira semana de dezembro, em Ubatiba.

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social é uma unidade pública estatal de proteção, responsável por oferecer orientação e apoio a pessoas e famílias que tiveram seus direitos violados e encaminhá-las principalmente ao Conselho Tutelar, Ministério Público e Polícia Civil. Além do abuso e exploração sexual e violência doméstica, o CREAS atente ainda a idosos e portadores de deficiência física ou mental, dependência química, pessoas em situação de rua, maus tratos e negligência de crianças e adolescentes e adultos em cumprimento de pena alternativa, entre outros casos.