CRAS de Inoã encerra as atividades com entrega de certificados

0
310

O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Inoã encerrou as atividades do ano na última quinta-feira (17/12), com uma confraternização para entregar os certificados de conclusão das oficinas realizadas no equipamento, na Rua 5, próximo ao CIEP. O evento contou com a participação de toda a equipe e todos os usuários acompanhados pela unidade.

Representando o secretário municipal adjunto de assistência social, Jorge Castor, a subsecretária da pasta, Laura Costa, parabenizou os formandos e agradeceu à equipe. “Primeiro quero parabenizar a todos que levaram a sério seus cursos e dizer que este certificado tem um peso significativo no currículo de vocês, então aproveitem e vão atrás de seus sonhos”, ressaltou Laura, agradecendo em seguida o empenho do pessoal do CRAS de Inoã. "Sempre acolhe com competência e muito carinho todos os moradores da região, transformando a unidade em um lar”, concluiu.

Para a coordenadora do CRAS de Inoã, Michele Carvalho, a confraternização é o resultado de um trabalho responsável. Recomenda que todos que se formaram devem seguir em frente com seus conhecimentos. “Parabéns pela força de vontade de cada um. Sei que muitos tiveram dificuldades, mas se esforçaram e foram até o fim. Façam deste certificado uma fonte de renda e façam valer a pena o esforço”, parabenizou Michele acrescentando um convite. “Não deixem de fazer outros cursos aqui no Cras. Conhecimento nunca é demais e todo estudo complementará seus currículos”, declarou.

Os certificados foram entregues com emoção e sonhos de planos futuros como o da aluna que se formou em maquiagem profissional, Carmencita Andreia de Pinho. “Estou muito feliz com esta minha vitória. Agradeço a toda equipe que sempre acolheu todos nós com um gesto de carinho, nos incentivando a espantar a tristeza e crescer profissionalmente", disse. "Meu plano agora é continuar aprendendo com os cursos de corte de cabelo e manicure para que eu consiga abrir meu salão e me sustentar com dignidade”, contou Carmencita.

A aluna de panificação Fabiana Barros disse que se não fosse pelo Cras não teria uma profissão, pois tem dois filhos pequenos, além de não ter condição financeira de bancar um curso. “Este certificado é um orgulho para mim que não tinha profissão. Mesmo com dois filhos pequenos, eu vim a todas as aulas, com chuva ou sol forte, estava aqui. Todos que trabalham no Cras me incentivaram, me ajudaram com meus filhos e eu pude terminar. Agora me orgulho em dizer que posso trabalhar em casa cuidando dos meus filhos e fazendo meus pães e bolos para fora e poderei sustenta-los como eles merecem. Obrigada a todos de coração”, finalizou.