Parceria entre Prefeitura e Senai-RJ forma primeira turma de qualificação do pólo de Inoã

0
788

Duas novas turmas foram formadas pelo Programa de Qualificação Profissional, promovido pela Secretaria Municipal Adjunta de Trabalho de Maricá através da contratação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RJ). Cerca de 55 alunos dos cursos de Soldador de Aço e Carbono e Operador de Computador receberam seus diplomas nesta quinta-feira (14/1), em cerimônia realizada no auditório do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), na Mumbuca. Foi o primeiro grupo a receber aulas no pólo de Inoã, que funciona em carretas estacionadas na área externa do Posto de Saúde na altura do Km 15 da RJ-106, sentido Maricá.
Na abertura da solenidade, o secretário Marcelo Carvalho agradeceu à Secretaria Adjunta de Saúde por ceder o espaço e aos alunos por acreditarem no projeto. “A entrega desses diplomas já é uma marco para nós, algo muito significativo, um sinal de que nosso trabalho está sendo bem feito. Nossos cursos já têm novas turmas em andamento e neste ano virão cursos novos”, antecipou o secretário, adiantando que um deles será o de Mecânica Automotiva.  Na mesa diretora também estava o secretário executivo de Políticas Sociais, Alexandre Rodrigues.
Após a fala de Marcelo Carvalho, o formando Eliel Ferreira de Morais fez questão de agradecer à equipe que atuou nos cursos. “Foi difícil conciliar a rotina, mas conseguimos vencer. Obrigado a todos”, disse ele. Outra aluna do mesmo curso contou que a família viu sua escolha com desconfiança. “Disseram que eu daria um ‘tiro no pé’ porque o mercado não estava bom para essa profissão. Mas eu queria muito uma coisa nova na minha vida e acredito que posso me sair bem”, avaliou Raquel Tavares, de 31 anos, que mora em Santa Paula e é mãe de três filhos. 
Já para Marcos Antônio dos Santos Magalhães, de 18 anos, o curso de Operador de Computador vai abrir novas possibilidades. “Foi um incentivo a mais para me aprofundar na área da informática, que pretendo seguir. O curso foi excelente para mim, trouxe outra visão”, elogiou o rapaz, que estuda no 3º ano do ensino médio do Colégio Estadual Caio Figueiredo, em Inoã, bairro onde mora.