Professores do programa Segundo Tempo de Maricá escolhem unidades onde irão atuar

0
1281

Os 22 professores e acadêmicos de Educação Física que vão atuar na edição deste ano do programa Segundo Tempo, em parceria com o Ministério do Esporte, tiveram nesta segunda-feira (20/6) uma reunião para optar por um dos 11 núcleos onde haverá atividades. O grupo tem ainda um coordenador pedagógico que vai orientar a ministração do trabalho para os 1.100 alunos beneficiados. O projeto já trouxe frutos em Maricá, uma vez que alunos que participam do programa acabaram de obter resultados excelentes no mundial de karatê disputado em Dublin, Irlanda, neste fim de semana. 

Entre as 15 diferentes modalidades esportivas incluídas, o tênis de mesa será a grande novidade, que pode se tornar um atrativo a mais para alunos e professores. “Estou empolgada com essa novidade, quero que comece logo”, disse Priscila Moraes, de 32 anos, que mora no Centro e é estudante do 3º período de Educação Física. Ela vai atuar no polo do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), onde ocorreu a reunião.

O também estudante morador do Centro Maicon Mattos da Silva, de 26 anos, escolheu atuar a E.M. Amanda Pena, em Bananal. Para ele, o programa representa mais uma alternativa para os jovens. “É uma chance de oferecer algo mais a essa meninada e evitar que caiam na marginalidade”, avaliou ele, que é aluno do 6º período.

De acordo com o coordenador geral do programa em Maricá, Ricardo Vianna, as atividades devem começar já no início de julho. “Estamos bastante adiantados, resolvendo só as últimas pendências mínimas. Mantemos contato permanente com o ministério e eles já nos disseram que a cidade é uma das mais avançadas do país neste programa”, revelou. 

Além do CEU e da E.M. Amanda Pena, as unidades da rede municipal que terão núcleos do programa Segundo Tempo são: Antônio Lopes da Fontoura (Jardim Nova Metrópole), Darcy Ribeiro (Bosque Fundo), CAIC Elomir Silva (São José de Imbassaí), Osdevaldo Marins da Matta (Santa Paula), Marcus Vinícius Santana (Bairro da Amizade), Lúcio Thomé Feteira (Marinelândia), Reginaldo Domingues (Ponta Negra), Ministro Luiz Sparano (Spar) e Marquês de Maricá (Jardim Atlântico).